CIDADES

min de leitura - #

Apucarana anuncia políticas públicas para promoção de igualdade racial

Da Redação

| Edição de 31 de agosto de 2022 | Atualizado em 31 de agosto de 2022
Imagem descritiva da notícia Apucarana anuncia políticas públicas para promoção de igualdade racial

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Com uma pauta que abrange ações positivas que incluem oferta de serviços específicos em várias secretarias, determinados após vários encontros de planejamento entre a administração e o Movimento Apucaranense da Consciência Negra (Macone), Apucarana está implantando uma agenda de políticas públicas permanentes voltadas à promoção da igualdade étnico racial no município. 

A agenda desenvolvida dentro de várias secretarias municipais, incluindo as da Cultura, Saúde, Educação, Mulher e Assuntos da Família e da Indústria, Comércio e Emprego, foi apresentada e definida em mais uma reunião realizada nesta semana com prefeito Junior da Femac.

“Teremos políticas de ações afirmativas e permanentes voltadas à população negra a partir de projetos que passam a ser implementados dentro de vários setores da administração municipal. É uma conquista, uma ansiedade, que se torna realidade graças à sensibilidade do nosso prefeito. Como consequência teremos mais integração, visibilidade e inclusão mas, acima de tudo, uma conscientização entre todos os povos”, avalia o diretor-geral do Macone, Carlos Alberto Figueiredo.

“Apucarana é uma cidade multicultural desde sua origem. Enquanto gestor público, defendo e apoio muitas iniciativas dentro da administração pública no campo da igualdade racial. A nossa resposta, na prática, são os diversos projetos que acabamos de anunciar a partir das necessidades apresentadas pelo Movimento da Consciência Negra de nossa cidade”, afirma Junior da Femac.

Entre as ações já divulgadas estão, por exemplo, a oferta de cursos que valorizam e empoderam a cultura afro, incluindo na área de estética e costura, que serão ofertados pela Secretaria da Mulher.

Na área de emprego, uma das ações envolve o levantamento do nível de desemprego entre a população afrodescendente e medidas para encaminhamento deste público para vagas de emprego e capacitação. No Centro de Qualificação, 30% das vagas dos cursos profissionalizantes serão reservadas para população afrodescendente.

A valorização da cultura e arte africana e afro-brasileira também deve ganhar mais destaque na educação municipal. Um material de apoio pedagógico para subsidiar os professores ao desenvolver em sala de aula as atividades faz parte do programa.

Na área de saúde entra em vigor hoje a orientação da direção da AMS para que os médicos da rede municipal de saúde solicitem o exame de eletroforese de hemoglobina na população negra para diagnóstico da anemia falciforme, problema que acomete com mais frequência essa população.