CIDADES

min de leitura - #

Artista plástica cria painéis para Lar São Vicente de Paula

Lis Kato

| Edição de 02 de dezembro de 2022 | Atualizado em 02 de dezembro de 2022
Imagem descritiva da notícia Artista plástica cria painéis para Lar São Vicente de Paula

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

A arte sensível da apucaranense Mônica Ishiba agora está impressa nas paredes do Lar São Vicente de Paulo. O local ganhou “nova vida” em sua fachada, com a construção recente de uma sacada com mirante para o lago Jaboti. O solário é um dos espaços coloridos pelas mãos da artista plástica. 

“Sempre que eu passava por aqui, olhava para este lugar e imaginava o que eu poderia fazer nestas paredes”, revelou Mônica.

O Lar São Vicente também ganhou um painel na parte interna, pensado  como forma de homenagear as pessoas que vivem ali.

“Eu fiz questão de ler as fichas dos moradores, saber sobre suas histórias e profissões para retratar algo que realmente traga uma lembrança, um sentimento bom. Quis fazer um painel no qual eles pudessem se identificar e se projetar para outros tempos e lugares. Trazer sentimento através da minha arte. Então, eu trouxe essa imagem de uma mulher, uma mãe, com o bebê no colo, olhando para essa paisagem, uma plantação. Sei que esses símbolos falam muito ao coração deles”, revelou.

Mônica conta ainda que foi muito bem recebida por todos os moradores, que demonstraram muito interesse pelo trabalho.

“Realizar este trabalho aqui foi maravilhoso, todos foram muito receptivos, pude ouvir muitas histórias, foi muito gratificante. Esse público merece essa visibilidade”, concluiu Mônica.

O presidente do Lar São Vicente de Paulo, Cezar Farinacio, disse que as pinturas da artista foram uma surpresa muito bem-vinda. 

“Ela nos participou de toda a escolha dos desenhos e os idosos ficaram muito felizes. Todos comentam sobre a beleza das pinturas. Nossa casa está de portas abertas a outros artistas que quiserem oferecer sua arte, serão acolhidos de coração”, disse.

Moradora do Lar há quase dois anos, Nelci Ester, de 55 anos, disse estar emocionada com as cores nas paredes. “Ficou muito bonita, muito bem-feita (a pintura), eu queria que ela pintasse tudo aqui”, disse. (LIZ KATO)