CIDADES

min de leitura - #

Com apoio do Tecpar e da Coreia, Ivaiporã lança incubadora para agronegócio

Da Redação

| Edição de 06 de junho de 2022 | Atualizado em 06 de junho de 2022
Imagem descritiva da notícia Com apoio do Tecpar e
da Coreia, Ivaiporã lança incubadora para agronegócio

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O município de Ivaiporã lançou ontem o projeto Polo Agrotech – Incubadora Tecnológica, com vistas a desenvolver soluções inovadoras para o agronegócio e atrair empresas e investidores que criem um ambiente de alta tecnologia em toda a região. A iniciativa tem apoio do Governo do Estado, por meio da Superintendência Geral de Inovação (SGI) e do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar).

Na mesma solenidade, foi assinado pelo prefeito Carlos Gil, um Termo de Cooperação Técnica entre o Tecpar, a Associação Brasileira de Internet das Coisas (Abinc) e a Agência Nacional de Comércio Exterior e Investimento da Coreia do Sul (Kotra). O Polo Agrotech será instalado em um terreno de 3.531 metros quadrados no Parque Industrial 1, localizado na Gleba Pindaúva. A construção da incubadora tecnológica terá investimento superior a R$ 2 milhões.

Segundo o prefeito Carlos Gil, os objetivos dos acordos são desenvolver soluções inovadoras para o agronegócio, atrair empresas e investidores e criar um ambiente de inovação em Ivaiporã. 

“Isso é fruto de um trabalho de mais de um ano para que Ivaiporã possa se transformar num polo de tecnologia. Para isso, nós fomos buscar parceiros como Abinc, Tecpar e a Kotra da Coreia do Sul que tem interesses de intercâmbio com o Brasil”. 

Na oportunidade o prefeito Carlos Gil assinou ainda a ordem de licitação para a construção do Polo Agrotech. A Prefeitura já tem espaço para a construção ao lado do IFPR (Instituto Federal do Paraná) e os recursos assegurados. 

“Acredito que no máximo em 90 dias já poderemos dar a ordem de serviço para o início da construção da incubadora. Hoje temos nas nossas faculdades, o IFPR, e cursos técnicos na área de tecnologia e sistema de informação. Que possamos dar oportunidade a essa meninada que está vindo por aí de também estarem desenvolvendo suas startups e que Ivaiporã se insira na área tecnológica, que é o emprego do futuro”, destacou Gil.

O presidente do Tecpar, Jorge Callado participou da solenidade. “Estamos felizes não só por este evento de vanguarda, mas também porque hoje comemoramos 82 anos de criação do Tecpar”, comemorou. 

O secretário de estado da agricultura, Norberto Ortigara, também presente, destacou o impacto do empreendimento. “O Vale do Ivaí precisava dessa iniciativa de também atrair startups, que são centenas ligadas ao agro. Isso contribui para que nossa agricultura aumente a eficiência, diminua custos e tenha ganhos ambientais. E que junção venha construir em Ivaiporã um ambiente propício para a atração de investimentos para a startups, depois o seu processo de aceleração e o desenvolvimento das tecnologia para que sejam aplicadas no agro aqui do Paraná”, completou.


Iniciativa contará com apoio coreano

Presente na solenidade, o cônsul da Economia da Coreia do Sul no Brasil, Byeongwook Woo, manifestou o apoio do governo do país da Ásia Oriental ao projeto. “Como funcionário governamental, espero que negócios sejam desenvolvidos logo depois (da instalação)”, disse.

A amizade entre os dois países foi ressaltada por Sangbum Bae, diretor-geral da Agência Nacional de Comércio Exterior e Investimento da Coreia do Sul (Kotra), que participará da cooperação técnica para o projeto. Segundo ele, o Brasil é forte na produção agrícola, enquanto a Coreia do Sul se destaca em ciência e tecnologia. “Há uma grande chance de unir e aprender sobre os pontos fortes de cada país”, disse