CIDADES

min de leitura - #

Com aumento de casos, Estado estuda reforçar campanhas contra a dengue

Da Redação

| Edição de 13 de abril de 2022 | Atualizado em 13 de abril de 2022
Imagem descritiva da notícia Com aumento de casos, Estado estuda reforçar campanhas contra a dengue

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) realizou ontem a primeira reunião do Comitê Intersetorial de Controle da Dengue no Paraná, do período epidemiológico 2021/2022. O encontro, que envolveu diversas secretarias e órgãos do Estado, além de representantes do Serviço Social do Comércio (Sesc/PR), teve como finalidade propor um balanço e ampla análise das medidas já adotadas para o combate do mosquito, considerando também a atual situação da doença e possíveis novas ações.

O secretário de Estado da Saúde, César Neves, destacou a importância do encontro e o alinhamento das ações. “Estamos notando um grande aumento nos casos em um período não sazonal, já se aproximando do inverno. Diante desse diagnóstico é importante manter o alinhamento entre as secretarias e os órgãos do Estado para que possamos combater essa doença da maneira mais efetiva possível”, assinalou.

O boletim semanal da dengue, divulgado nesta terça-feira (12), confirma mais três óbitos, totalizando cinco mortes pela doença neste período epidemiológico (de 1º de agosto de 2021 a julho de 2022). Também foram confirmados mais 4.882 casos, somando 16.560 confirmações. São 12.465 novas notificações, totalizando 65.040 registros em 360 municípios (sete a mais do que o anterior). Há ainda, 19.051 casos em investigação.

A coordenadora de Vigilância Ambiental da Sesa, Ivana Belmonte, apresentou o quadro epidemiológico do Estado e enfatizou a necessidade de reforçar as campanhas. “O Paraná tem registrado uma expansão alarmante dos casos de dengue. Estamos monitorando todos os municípios, principalmente as áreas com maior incidência. É imprescindível fortalecer as campanhas de enfrentamento neste momento para que tenhamos maior adesão nesse combate”, avaliou.

MUNICÍPIOS

O panorama da dengue no Paraná e as ações de combate à doença também foram discutidos ontem em reunião entre o secretário de Estado da Saúde, César Neves, e o Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Paraná (Cosems/PR). Foi o primeiro encontro formal depois da troca de comando na pasta.

Um dos objetivos é reprisar a estratégia de combate de 2019, com apoio da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros, além de campanhas de conscientização para controle do mosquito.

“Essa parceria é importante nesse momento, principalmente no que tange à dengue. Iremos ao Ministério da Saúde, já vislumbrando o cenário epidêmico, pedir uma suplementação de insumos farmacêuticos para o enfrentamento da doença, principalmente o soro fisiológico”, disse o secretário.