CIDADES

min de leitura - #

Curisco na Política

Da Redação

| Edição de 04 de abril de 2022 | Atualizado em 04 de abril de 2022
Imagem descritiva da notícia Curisco  na Política

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Dinheiro 

O Governo do Estado vai liberar 10,6 milhões de reais para reformulação da entrada da cidade, sentido Curitiba para Apucarana. São 2,5 km de melhorias que devem modernizar aquele trecho. Esta é uma obra que já deveria ter sido feita pela concessionária do pedágio.

Obras paradas 

A prefeitura de Apucarana sempre anuncia uma obra nova, foi caso desta obra da entrada da cidade, mas tem uma porção de obras para serem entregues. As casas do conjunto Fariz Gebrim, iniciadas desde 2015, três creches paradas, a escola José Domingos Scarpelini (foto) e, principalmente, o parque industrial da Juruba, que virou Cidade Industrial, ganhou asfalto, luz e, até agora, depois de quatro anos, nenhuma indústria.

Fofocas

Teremos quatro meses: abril, maio, junho e julho de fofocas na política. A eleição só passa valer a partir das convenções, quando os pré-candidatos viram candidatos. Até lá, é só fofoca para ganhar espaço na mídia.

Rede social

Está será a terceira eleição com rede social e já ficou comprovado que a rede social só serve para candidatos que têm o que mostrar de obras e serviços. Ficar na rede mostrando fotos da vida particular não vira voto. Os políticos fazem impulsionamento com dinheiro público do Fundão e acham que estão abafando. Quando saem os resultados das urnas, descobrem os resultados negativos da rede social.

Ano eleitoral

Os políticos que irão disputarem as reeleições aproveitam o ano eleitoral para liberar um monte de obras, mas não contam para povo que estas obras só podem começar depois da eleição por causa da lei eleitoral. Ou seja, eles fazem a festa, anunciam pacotes de obras e podem perder a eleição e as obras simplesmente não saírem 

do papel.