CIDADES

min de leitura - #

Em dois meses, Feira Verde atende 3,5 mil famílias

Da Redação

| Edição de 29 de julho de 2022 | Atualizado em 29 de julho de 2022
Imagem descritiva da notícia Em dois meses, Feira Verde atende 3,5 mil famílias

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

A Secretaria Municipal de Agricultura de Apucarana divulgou nesta sexta-feira (29) um balanço do Programa Feira Verde. Pouco mais de dois meses após o lançamento, a iniciativa já realizou 51 edições nos bairros, atendeu 3.575 famílias com hortifrutigranjeiros e recolheu 36 toneladas de materiais recicláveis. 

O prefeito Junior da Femac afirma que o programa vem tendo cada vez mais adesão da população. “Podemos perceber isso nos retornos. O programa foi lançado no dia 12 de maio no Solo Sagrado, quando atendeu 65 famílias. No retorno, o número de pessoas que foi até o ponto de troca aumentou para 115 e, na terceira vez que o Feira Verde foi ao Solo Sagrado, esse número saltou para 173 pessoas”, compara, afirmando que esse crescimento também foi percebido nos demais bairros.

Através do programa, já foram recolhidas 36 toneladas de materiais recicláveis, que são encaminhadas para a Cooperativa dos Catadores de Materiais Recicláveis de Apucarana (Cocap). “Os resultados do programa são muito expressivos. O caminhão da Cocap, antes do Feira Verde, passava por bairros como o Sumatra, Jaçanã e Solo Sagrado e voltava praticamente vazio. Com o Feira Verde, o caminhão vem lotado de material, mostrando que o modelo de troca do reciclável pelo hortifruti veio para ficar”, avalia Antônio Roberto Nogueira, administrador da Cocap. 

Edeson Martins, que coordena o recebimento dos produtos junto aos agricultores familiares, afirma que ao todo o Município adquire 29 itens. “No entanto, a composição da cesta que preparamos para entregar às famílias varia bastante e depende da época do ano. Nas edições desta semana, por exemplo, a cesta continha banana, repolho, couve-flor, beterraba, berinjela, laranja, uva, salsinha, cebolinha, tomate e brócolis”, cita Martins.