CIDADES

min de leitura - #

Feira de Profissões encaminha alunos para vagas de estágio

Da Redação

| Edição de 17 de maio de 2022 | Atualizado em 17 de maio de 2022
Imagem descritiva da notícia Feira de Profissões encaminha alunos para vagas de estágio

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O Colégio Estadual Professor Izidoro Luiz Cerávolo, de Apucarana, realizou ontem a 1ª Feira das Profissões “O Trabalho Tá On”. A iniciativa proporcionou aos estudantes o encaminhamento para vagas de estágio e a interação com empresas.

O prefeito Junior da Femac participou da abertura do evento, realizado no ginásio de esportes do colégio e que reuniu também estudantes dos colégios estaduais Santos Dumont e Coronel Luiz José dos Santos.

O prefeito destacou as cerca de 200 vagas de estágio disponibilizadas durante a feira. “O estudo aliado ao trabalho abre portas. A oportunidade do estágio é o ponto de encontro, onde a prática se alia com a teoria e faz com que as pessoas cresçam profissionalmente”, frisa Junior da Femac. O professor Diego Fávaro, diretor do Colégio Cerávolo, ressalta que a feira possibilita a aproximação entre os estudantes, empresas e a comunidade. “A ideia de criar a feira surgiu dentro do curso técnico em recursos humanos. Queremos que o nosso conhecimento e os cursos transbordem os muros da escola”, reforça Fávaro.

Durante a feira, os estudantes puderam interagir com profissionais de empresas e instituições que montaram estandes para participar da feira, como a Faculdade de Apucarana (FAP), Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), Agência do Trabalhador, Sesi, Senai, Sesc, Acia, Clínica Espaço e Saúde, Paranatex e Bateria Extranger.

Gabriel Ricardo de Oliveira Colombo Simas Carnasciali, de 15 anos, é estudante do curso técnico de desenvolvimento de sistemas e considera a ação importante. “Achei ótima a ação, é importante oferecer esses serviços pra gente, abrir oportunidades, fiz a inscrição em estágio, esperto que dê certo”, disse.

Maria Clara Farinazzo, de16 anos, que cursa agronegócio também aproveitou a oportunidade e se inscreveu em vagas de estágio. “É um projeto super legal que pode abrir portas, fiz a minha inscrição e espero conseguir alguma coisa”.