CIDADES

min de leitura - #

Orquestra e Coro Municipal de Apucarana estreiam no Fênix

Da Redação

| Edição de 28 de novembro de 2022 | Atualizado em 28 de novembro de 2022
Imagem descritiva da notícia Orquestra e Coro Municipal de Apucarana estreiam no Fênix

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Com mais de 50 integrantes, boa parte deles talentos descobertos pela Escola Municipal de Música, Apucarana ganhou uma Orquestra Sinfônica. Os músicos fizeram sua estreia na noite de sábado no Cine Teatro Fênix, em apresentação com o Coro Municipal, agremiação que também nasceu dentro da política de incentivo à cultura.

O prefeito Junior da Femac lembra que o Município vem, ao longo dos anos, oferecendo opções para a população expressar sua arte. “A Prefeitura, através da Promatur, criou as escolas de teatro, de dança e mais recentemente a de música. Deste último projeto surgiu a ideia de unir o talento dos alunos com a experiência da Banda Municipal, formando assim a Orquestra Sinfônica de Apucarana”, frisa Junior da Femac. 

A secretária da Promatur, professora Maria Agar, reitera que a formação da Orquestra e Coro Municipal é um dos primeiros frutos da Escola Municipal de Música, que reúne na maioria alunos na faixa etária de 10 a 15 anos, além de adultos e idosos. “Subiram ao palco do Cine Teatro Fênix cerca de cem pessoas, entre jovens e adultos. São 53 músicos, além de 40 pessoas do coro municipal”, detalha. 

A dona de casa Vera Lúcia Barbalho Soares, que toca violino, afirma que já tinha conhecimento desta arte, mas está aprimorando na Escola de Música que oferece o ensino gratuito. “Desde criança, eu tinha o desejo de aprender música. Eu toco violino na igreja que frequento já faz cinco anos. As aulas gratuitas são uma grande oportunidade para quem não tem condições de pagar”, assinala Vera Lúcia. 

O integrante mais novo da Orquestra é Arthur Lopes Vandressen, que tem apenas 8 anos e toca violino. O menino estava acompanhado pela mãe Liliane Aparecida Lopes, que disse estar muito orgulhosa com o interesse do filho pela música e pela oportunidade da apresentação para um grande público. 

A orquestra tem como maestro Ricardo Podmowski e o coro é regido por Leiza de Barros, que integram a Banda Municipal Maestro João Florindo. “Foram utilizados na apresentação de sábado diversos instrumentos. Foram 20 violinos, 12 violoncelos, 3 clarinetes, 4 saxofones, 3 trombones e 3 trompetes, além de tuba, bateria, piano e contrabaixo”, detalha Podnowski, acrescentando que foram apresentadas músicas de gêneros variados, como gospel, popular, sertanejo e natalino.