CIDADES

min de leitura - #

PM apreende 8 kg de maconha e prende 4 pessoas em Kaloré

Da Redação

| Edição de 18 de outubro de 2022 | Atualizado em 18 de outubro de 2022
Imagem descritiva da notícia PM apreende 8 kg de maconha e prende 4 pessoas em Kaloré

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Aproximadamente 50 policiais militares participaram de uma operação e cumpriram 11 mandados de busca e apreensão em Kaloré durante a manhã de ontem. Quatro homens foram presos em diferentes endereços da cidade. Os policiais também apreenderam 8 kg de maconha, crack, armas, dinheiro e celulares. PMs de todo o 10º Batalhão de Polícia Militar (BPM), com sede em Apucarana, participaram da ação.

Conforme balanço divulgado no final da tarde pela PM, na primeira casa, onde um homem de 26 anos foi preso, os policiais encontraram uma balança de precisão, dois celulares, 26 gramas de cocaína, mais de 8 quilos de maconha, além de seis munições calibre 357.

Em outra casa, foi localizada uma espingarda calibre 22 e duas munições do mesmo calibre. Já na terceira residência, conforme a PM, foram presos dois homens, de 24 e 46 anos, e apreendidos mais de R$ 7 mil em espécie, 21 celulares e sete pássaros irregulares. 

Na última casa, de acordo com os policiais, mais um homem foi preso e três pássaros irregulares foram apreendidos. Todos os envolvidos foram levados para Jandaia do Sul. O comandante do 10º BPM, tenente-coronel Marcos José Facio acompanhou a operação.

A Operação Sinergia II foi lançada pelo 10º BPM no último domingo com finalidade intensificar o policiamento ostensivo, por meio de ações preventivas e repressivas fortalecendo a ação de presença da Polícia Militar e prevenindo ações criminosas em toda a área de abrangência do batalhão.

APUCARANA

No primeiro dia de operação, um homem foi preso por receptação e uma motocicleta recuperada pela PM no Jardim Marissol, em Apucarana.

Ontem, dois mandados de prisão foram cumpridos durante abordagens na Barra Funda e centro da cidade. Os suspeitos, de 35 e 43 anos foram levados para a 17ª Subdivisão Policial e respondem pelos crimes de dano e  falta de pagamento de pensão alimentícia, respectivamente.