CIDADES

min de leitura - #

Prefeitura de Apucarana articula novos serviços para centro de radioterapia

Da Redação

| Edição de 29 de julho de 2022 | Atualizado em 29 de julho de 2022
Imagem descritiva da notícia Prefeitura de Apucarana articula novos serviços para centro de radioterapia

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Após o credenciamento do setor de radioterapia e de oncohematologia do Hospital da Providência de Apucarana junto ao Ministério da Saúde, o município articula a implantação de novos serviços. A afirmação é do prefeito de Apucarana, Júnior da Femac, que esteve nesta sexta-feira, em Curitiba, na Secretaria de Estado da Saúde.

“A partir de agora já começamos a articular a conquista de novos serviços, para que o nosso centro de radioterapia fique completo”, anuncia o prefeito que se reuniu com o secretário de estado da saúde, Cesar Neves, para conversar sobre o tema. “Até o momento, foi a Sesa, via Fundo Municipal de Saúde, quem custeou o tratamento de todos os pacientes da Radioterapia de Apucarana e, em breve, com o novo credenciamento, o Providência passará receber recursos federais, podendo ampliar o atendimento e ofertar novos serviços”, avalia o prefeito, emendando que “começa agora a luta para agregar mais serviços”. 

O secretário Cesar Neves, destaca que “o Ministério da Saúde reconheceu todo o esforço realizado até aqui pelo Hospital da Providência, credenciando o serviço e colocando Apucarana num novo patamar, na especialidade de oncologia”. 

Segundo o secretário, falta muito pouco para que Apucarana tenha condições de acrescentar a cintilografia. “Trata-se de um exame de medicina nuclear que detecta anormalidades, que nenhum outro método é capaz de apontar. Também é importante dispor do Pet-Scan, exame que é considerado uma das tecnologias mais modernas para diagnosticar e acompanhar com precisão a presença e a progressão de câncer”, argumenta Cesar Neves. 

A diretora geral do Hospital da Providência, irmã Geovana Ramos lembra que o início dessa conquista que a cidade vivencia hoje, em relação à oferta de tratamento oncológico, partiu do então prefeito Beto Preto que solicitou da direção do hospital um projeto para construção da unidade de radioterapia. O pedido tinha como base uma possibilidade, articulada e concretizada logo depois - por meio de doação -, pela Itaipu Binacional, de um equipamento (acelerador linear) de última geração importado dos Estados Unidos, ao custo de cerca de R$5 milhões. 

De acordo com a diretora do hospital, desde então os investimentos na Unidade de Radioterapia já somam aproximadamente R$11,5 milhões. “A prefeitura de Apucarana, já na gestão do prefeito Junior da Femac, contribuiu com R$ 1 milhão na construção do prédio e também comprou um aparelho de tomografia de última geração, importado do Japão, no valor de R$ 800 mil”, assinala Giovana Ramos.

“A administração municipal sempre esteve ao lado da direção do Hospital da Providência, em todas as etapas do projeto, desde a edificação da estrutura diferenciada (casamata) e a instalação dos equipamentos, que hoje garantem à nossa cidade a condição de ser referência regional no tratamento de radioterapia”, pontua o prefeito Junior da Femac.