CIDADES

min de leitura - #

Projeto Centro Novo muda visual da área central de Ivaiporã

Da Redação

| Edição de 21 de janeiro de 2023 | Atualizado em 21 de janeiro de 2023
Imagem descritiva da notícia Projeto Centro Novo muda visual da área central de Ivaiporã

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Lançado pela Prefeitura de Ivaiporã em abril de 2022, o projeto Centro Novo – que propõe remodelação de várias áreas – já alterou o visual de vários pontos da cidade. A primeira etapa do projeto atinge 70% de execução.

A obra é executada no canteiro da Avenida Brasil, entre a Fatec e a Praça Manoel Teodoro da Rocha e envolve a implantação de 1,4 km de ciclovia, por onde os pedestres também podem trafegar, novas calçadas, acessibilidade, mais iluminação, bancos, paisagismo e estacionamento. Nesta sexta-feira, a Prefeitura passou massa asfáltica em uma nova área de estacionamento. Conforme o diretor do Departamento de Obras, Bruno Montoro, em seguida, a Prefeitura fará a sinalização horizontal e vertical das quadras revitalizadas.

As mudanças têm agradado moradores e também comerciantes do entorno da obra.  “Antes da obra não havia espaço para o pedestre. Embora não esteja concluída vejo algumas pessoas passeando. A minha empresa está mais visível. E a cidade está ficando muito bonita”, observou Cláudio Belarmino, que é empresário do ramo de autopeças.

A empresária Zeni Peres, proprietária de uma loja de embalagens plásticas, afirmou que a cidade está mais limpa. “A obra do Centro Novo está maravilhosa! A Avenida Brasil parece mais larga, passou a ter mais luminosidade e nos permite ver as fachadas das empresas”, assegurou Zeni Peres.

Os bancos instalados próximos às árvores são atrativos para quem gosta de um bate-papo entre amigos ou para quem precisa descansar. É o caso do pioneiro João Razzini. “Moro na Vila Nova Porã e passeio todos os dias pelo centro da cidade. Cheguei a Ivaiporã em 1964 e nunca vi a cidade tão bem cuidada”, declarou.

A Fase II do Centro Novo será desenvolvida a partir da Casa Esperança – passando pela Praça Manuel Marques Pereira, Terminal Rodoviário, seguindo pelas Avenidas Brasil e Souza Naves, sentido Centro Cultural, UPA 24h, IAP, APAE – e finalizando na Praça Manuel Marques Pereira. O percurso da Fase II soma 2,2 km.