CIDADES

min de leitura - #

Região tem mais de 175 mil donos de veículos que terão de pagar IPVA

Cindy Santos

| Edição de 06 de janeiro de 2023 | Atualizado em 06 de janeiro de 2023
Imagem descritiva da notícia Região tem mais de 175 mil donos 
de veículos que terão de pagar IPVA

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Proprietários de mais de 175,8 mil veículos da região já podem conferir os valores lançados do IPVA 2023 (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores). De acordo com o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR), somados, os veículos tributáveis ultrapassam R$ 197,5 milhões em 27 municípios (26 do Vale do Ivaí mais Arapongas). No Paraná, são mais de 4,6 milhões de veículos resultando em um valor previsto de mais de R$ 6 bilhões. 

Os municípios da região com mais automóveis tributados são Arapongas (54.531), Apucarana (50.804), Ivaiporã (13.446), Jandaia do Sul (8.334) e Faxinal (5.550). E as com menos de 1 mil são Ariranha do Ivaí (731), Godoy Moreira (816), Cruzmaltina (833) e Rio Bom (951).

O calendário de pagamentos do IPVA 2023 inicia em 19 de janeiro para os donos de veículos com placas 1 e 2 e segue até o dia 25 (placas 9 e 0). 

O chefe da 15ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Apucarana, Fernando Garcia Algarte, explica que o valor do IPVA é calculado a 3,5% do valor venal do veículo, de acordo com a tabela Fipe. Para facilitar a vida do contribuinte, o Governo do Estado disponibiliza o Portal do IPVA, no site da Secretaria de Estado da Fazenda. A ferramenta permite a consulta e emissão das guias de pagamento, além de acesso aos pedidos de isenção/imunidade, parcelamento, regularização de débitos e revisão do valor venal. 

Também é possível realizar consultas de débitos dos veículos, consulta do Detran-PR, de parcelamentos e do valor venal, além de assistência por meio do Serviço de Atendimento ao Cidadão. 

“Apesar de não ser um imposto de competência de cobrança do Departamento de Trânsito, o contribuinte pode emitir o boleto pelo site do Detran ou pelo site da Secretaria da Fazenda”, reitera. 

Para 2023, além da possibilidade de quitação em cinco parcelas, sem desconto, ou pagamento à vista com 3% de abatimento, será possível pagar com cartão de crédito, que permite parcelar o imposto em até 12 vezes, com juros. Pelo site da Secretaria da Fazenda é possível acessar as melhores formas de pagamento. Também haverá a opção de quitação da Guia de Recolhimento com QRCode via PIX, mais uma facilidade para o contribuinte.

INADIMPLÊNCIA 

Em 2022, a inadimplência do IPVA ficou em 11,8%, com cerca de 4,5 milhões de veículos tributados, e R$ 5,2 bilhões arrecadados. Para regularizar o imposto atrasado, o Estado possibilita o parcelamento da dívida em até 10 vezes, respeitando o limite mínimo de uma Unidade Padrão Fiscal do Paraná (UPF) por parcela, que atualmente está em R$ 127,31.

Algarte alerta que a inadimplência do IPVA impossibilita a obtenção do licenciamento. Após o vencimento, que é definido pelo Detran, o veículo estará em situação irregular perante a legislação de trânsito, e o proprietário poderá sofrer sanções previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), inclusive com a apreensão do veículo.