CIDADES

min de leitura - #

Regional de Saúde conscientiza sobre doação de órgãos

Da Redação

| Edição de 13 de setembro de 2022 | Atualizado em 13 de setembro de 2022
Imagem descritiva da notícia Regional de Saúde conscientiza sobre doação de órgãos

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

A 16ª Regional de Saúde de Apucarana promoveu ontem, no Cine Teatro Fênix, um evento voltado à conscientização dos benefícios da doação de órgãos. A programação de palestras, apresentação de vídeos e roda de conversa foi direcionada a profissionais de saúde da rede pública e de instituições filantrópicas, e a população em geral dos 17 municípios da área de abrangência da regional.

“Nos últimos dois meses tivemos em Apucarana 3 doações de múltiplos órgãos, um deles está ocorrendo exatamente nesta terça-feira incluindo a captação de coração que vai salvar uma pessoa em Brasília”, informa um dos palestrante do evento, médico do Hospital da Providência, Mateus Dias de Moura.

Para o secretário municipal da saúde de Apucarana, Emídio Bachiega, as pessoas precisam estar cada vez mais conscientes e sensibilizadas da existência de uma fila de pessoas que dependem da doação de um órgão para se curar de doença e continuar a viver. “Um doador pode salvar várias vidas e possibilitar que um ou mais de seus órgãos funcionem em outro corpo é um ato de heroísmo”, afirma Bachiega.

De acordo com diretor da 16ª Regional de Saúde (16ª RS), Marcos Vinícius da Costa, a programação do evento tem o objetivo de conscientizar a população em geral da importância de ser um doador de órgãos, mas também de reforçar o papel dos trabalhadores de saúde neste processo da abordagem das famílias nos casos em que o paciente tem a possibilidade de ser um doador. “A captação de órgãos é muito facilitada quando a pessoa manifesta em vida, aos seus familiares, que é um doador”, destaca Marcos Costa.

O evento também teve como palestrantes a enfermeira do Hospital Norte Paranaense (HONPAR), Elza de Lara Bezerra, e o enfermeiro do Hospital da Providência, Jonatan Souza de Lima.