CIDADES

min de leitura - #

Saúde prepara ações de prevenção à dengue

Da Redação

| Edição de 08 de novembro de 2022 | Atualizado em 08 de novembro de 2022
Imagem descritiva da notícia Saúde prepara ações 
de prevenção à dengue

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Uma grande mobilização está sendo organizada pela Prefeitura de Apucarana, através da Autarquia Municipal de Saúde (AMS), para o Dia Nacional de Combate ao Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. “As atividades, que acontecem neste dia 19 (um sábado), irão envolver ações de caráter preventivo, com vistoria em imóveis, terrenos baldios e logradouros públicos, e de conscientização popular, intensificando junto aos moradores a importância da vigilância e da promoção de ações permanentes que levem à eliminação dos criadouros”, informa o prefeito Júnior da Femac, que ontem, ao lado do secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, participou em Curitiba de um encontro estadual que debateu estratégias de enfrentamento da dengue é outras arborviroses.

De acordo com Júnior da Femac, no Ciclo 22/23, que teve início em agosto e segue até julho do próximo ano, o setor de combate a endemias do município irá desenvolver diversas ações visando um maior envolvimento da comunidade. “No último ciclo, Apucarana desenvolveu inúmeras ações que culminaram em grande sucesso. Além das vistorias dos agentes de combate a endemias, vamos continuar com o recolhimento de pneus, de móveis usados, de materiais recicláveis, e intensificar todas as ações que contribuam para a eliminação dos criadouros do mosquito”, afirma. 

Atualmente, 70 servidores municipais do setor de endemias estão diretamente engajados no combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. “No ciclo 22/23, iniciado em agosto, Apucarana tem apenas quatro casos confirmados da doença, sendo que três foram autóctones (contraídos na cidade)”, esclarece Mauro de Aguiar Almeida, coordenador do setor de Combate a Endemias da Autarquia Municipal de Saúde (AMS). Ele frisa que as ações do “Dia D” visam alertar a sociedade para o perigo da doença e para que as pessoas mantenham-se atentas, sobretudo ao longo do verão, período crítico. “O clima nesta época do ano é propício para a proliferação do mosquito, pois reúne calor e períodos de chuva, por isso é importante que as pessoas estejam atentas ao acúmulo de água nos recipientes espalhados nas residências. Além disso, é essencial manter os quintais sempre limpos, evitando os focos do inseto”, solicita Mauro de Almeida, coordenador de Combate a Endemias.