CIDADES

min de leitura - #

Vendedora de 59 anos morre vítima de atropelamento em Apucarana

Da Redação

| Edição de 04 de julho de 2022 | Atualizado em 04 de julho de 2022
Imagem descritiva da notícia Vendedora de 59 anos morre vítima de atropelamento em Apucarana

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Uma vendedora de 59 anos morreu após ser atropelada na manhã de ontem, na Rua Piratininga, próximo a subestação da Copel, no Jardim Ponta Grossa, zona norte de Apucarana. Sonia de Lourdes Torre Garcia Zaneratto era vendedora e estava indo para o trabalho quando o acidente aconteceu. 

De acordo com testemunhas, ela foi atingida por um Fiat Uno que passava pelo local enquanto ela caminhava na rua. A motorista do carro parou para chamar o socorro. 

“A moça do Uno veio em uma baixa velocidade até, devia estar a uns 40 Km por hora, não sei se a luz do sol encobriu e atrapalhou a visão, e ela acabou atropelando a senhora. Logo depois da pancada ela já caiu inconsciente, sangrando pelo ouvido”, afirma o autônomo Bruno Henrique Teixeira, que passava no local do acidente e também parou para ajudar. 

Segundo ele, houve dificuldade em acionar o Samu. “Nós tentamos chamar o Samu, mas não conseguimos. Acionamos a polícia e eles conseguiram chamar o socorro, mas demoraram uns 25 minutos para chegar”, declarou.

Socorristas do Samu tentaram reanimar a vítima, mas ela não resistiu e morreu dentro da ambulância. 

Ainda segundo testemunhas, a motorista, responsável pelo atropelamento estava bastante nervosa e chorava muito no local. Ela contou para a PM, que foi surpreendida pela pedestre na rua. Ela afirmou ainda que quando viu a mulher, ficou nervosa e pode ter se confundido com os comandos do carro. A motorista foi submetida a teste de etilômetro que deu negativo para consumo de substância alcoólica. 

O corpo vendedora, que atuava em uma loja de roupas na área central, foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). O sepultamento está marcados para as 10 horas de hoje no Cemitério Cristo Rei.