COLUNA DA TRIBUNA

min de leitura - #

O que define um cristão nas eleições

Da Redação

| Edição de 13 de outubro de 2022 | Atualizado em 13 de outubro de 2022
Imagem descritiva da notícia O que define um cristão nas eleições

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O vereador Marcos da Vila Reis (foto), do PSD, um dos coordenadores do movimento Renovação Carismática Católica (RCC) de Apucarana, se mostra indignado com a forma como a religião católica ou evangélica tem sido utilizada nas eleições deste ano. “Eu ouço muito nas redes sociais que esse é cristão, aquele não é cristão, que cristão é assim e que cristão é desse jeito”, observa. Mas, segundo ele, o que define um cristão está no ensinamento de Jesus: “que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei, é nisso que conhecereis que sois meus discípulos”. Dessa forma, no seu entender, o que define o cristão é o amor e não em que ele vota, seja A ou B, ou quem será votado. Votar é apenas uma questão de democracia. “Tem muita gente perdendo a amizade e isso não vale a pena. Quem ama respeita o outro”, pondera o vereador.

De olho no Senado 

Eleito para o sexto mandato seguido na Câmara Federal, o presidente do PL no Paraná, Fernando Giacobo, já está de olho no próximo objetivo eleitoral. Ele quer disputar o Senado nas próximas eleições, quando o Estado vai eleger dois senadores. Ou seja, ele já está se colocando como pedra no sapato de Flávio Arns e Oriovisto Guimarães, ambos do Podemos, que provavelmente tentarão a reeleição. Giacobo não só esconde o desejo de disputar o Senado como já alfineta os dois senadores desde já. Segundo ele, os dois fizeram muito pouco pelo Estado até agora. “Quase nada, na verdade. Eles são muito devagar”, comenta o parlamentar.

PL fortalecido

Giacobo se mostra animado com o desempenho eleitoral do PL. “Hoje saímos das urnas como o maior partido do país”, avalia, lembrando que são 99 deputados na bancada federal e 13 senadores. O partido elegeu um governador no primeiro turno (RJ) e disputa ainda o segundo turno em mais 4 estados (RS, SC, ES e RO). No Paraná, o partido fez os mesmos três deputados federais da bancada, mas dobrou a votação. Em 2018 elegeu 3 com 290 mil votos e agora, com os mesmos três, o partido quase chegou a 600 mil votos. A bancada de deputado estadual também se fortaleceu nessas eleições. O PL saiu de dois deputados e elegeu cinco e, por muito pouco, não fez o sexto deputado estadual.

Empate técnico

O Instituto Paraná Pesquisas divulgou um levantamento nesta quinta-feira que aponta empate técnico entre os candidatos Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL) no segundo turno das eleições. O petista tem 47,6 % das intenções de voto na pesquisa estimulada, enquanto o atual presidente tem 44,1%. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos. O Paraná Pesquisas ouviu 2.020 pessoas entre os dias 8 e 12 de outubro. Desse número, 3,6% não sabem em quem votarão ou não responderam. Eleitores que votarão em branco ou nulo somam 4,8%. Somados apenas os votos válidos, Lula tem 51,9% e Bolsonaro, 48,1%.

Licitação de hospital

Após a espera da conclusão dos diversos projetos especiais para este tipo de estrutura, finalmente a licitação do Hospital de Apucarana (HA) será aberta hoje. Conforme destaca o prefeito Junior da Femac (PSD), trata-se da maior licitação da história do Município, com o valor máximo de custo pela execução da obra estipulado em mais de R$19 milhões. “Estamos projetando uma moderna estrutura hospitalar para prestar atendimento em todas as especialidades, agregando ainda, no pavimento térreo, um Pronto Atendimento Infantil (PAI), que funcionará 24 horas por dia”, anuncia Junior da Femac. As obras de reforma e ampliação do prédio do antigo Hospital São José totalizam mais de 4 mil metros quadrados.