COLUNA DA TRIBUNA

min de leitura - #

Tempo de democracia e respeito

Da Redação

| Edição de 02 de agosto de 2022 | Atualizado em 02 de agosto de 2022
Imagem descritiva da notícia Tempo de democracia e respeito

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Na primeira sessão ordinária da Câmara de Apucarana após o recesso, realizada nesta segunda-feira, as eleições deste ano foi um dos assuntos que tomaram conta dos discursos dos vereadores. A maioria defendeu a necessidade de se eleger candidatos próprios do município para a Câmara Federal e para a Assembleia Legislativa. No entanto, também defenderam a necessidade de que o debate sobre as eleições seja feito dentro da democracia e do respeito às divergências políticas. “Que tenhamos um semestre bastante produtivo no campo político, mas que nos coloquemos no lugar um do outro, com muito respeito”, disse por exemplo a vereadora Jossuela Pirelli (foto), do PROS. O vereador Mauro Bertoli (União Brasil), disse acreditar que Apucarana possa eleger neste ano seus representantes na Câmara e na Assembleia.

Direito nas eleições 
Apucarana sedia hoje e amanhã, no Cine Teatro Fênix, o 1º Painel de Direito Eleitoral, com início às 18h30, numa organização da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), presidida pelo advogado Márcio Marques Reis. No evento serão abordados temas controversos nas eleições de 2022; propaganda eleitoral, redes sociais e abuso de poder: Lei Geral de Proteção de Dados; inelegibilidade decorrente de desaprovação de contas; condutas vedadas e abuso de poder; eleições majoritárias e proporcionais; formação de chapas e distribuição de cadeiras; e leitura de abuso de poder político a partir de ataque à confiabilidade do processo eleitoral. O painel é gratuito e aberto a advogados, acadêmicos de direito e demais interessados.
Pesquisa presidencial
O Instituto Paraná Pesquisas divulgou ontem mais uma rodada de pesquisa de intenções de voto para a Presidência da República. Na estimulada, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparece com 41,1%, contra 35,6% do atual presidente Jair Bolsonaro (PL). Ciro Gomes (PDT) ficou com 7,9%; Simone Tebet (MDB), 1,8%, e André Janones (Avante), 1,7%. Demais candidatos tiveram menos de 1%. O levantamento foi feito entre os dias 28 de julho e 1º de agosto em 161 municípios brasileiros de 16 estados, tendo sido ouvidos 2020 eleitores. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o nº BR-05251/2022.
Debate no Paraná
Será realizado no próximo domingo o primeiro debate entre os candidatos ao governo do Paraná. O encontro está sendo organizado pela TV Band Paraná. Segundo a emissora, todos os nove concorrentes foram convidados. A lista inclui o governador e candidato à reeleição, Ratinho Júnior (PSD); o ex-governador Roberto Requião (PT); o ex-deputado federal Ricardo Gomyde (PDT); e os candidatos do PCO, Adriano Teixeira; do PSOL, professora Ângela Machado; da Democracia Cristã, Joni Correa; do PSTU, o Professor Ivan; do PMN, Solange Bueno; e do PCB, Viviane Mota. O debate começa às 21 horas e será dividido em três blocos de apresentações, perguntas e respostas entre si.
Observadores internacionais
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) assinou, nesta terça-feira, um acordo com a União Interamericana de Organismos Eleitorais (Uniore) para que a instituição internacional acompanhe as eleições brasileiras deste ano. Nos dias das eleições, que devem ser realizadas no dia 2 outubro (1º turno) e 30 de outubro (2º turno), os observadores terão acesso às áreas de organização, podendo circular por todo o País e em todos os locais de votação. O acordo também permite que eles tenham acesso aos tribunais regionais eleitorais responsáveis pela contagem dos votos. O TSE já tinha firmado um acordo com a Organização dos Estados Americanos (OEA) e o Parlamento do Mercosul para este trabalho.