ESPECIAIS

min de leitura - #

Conceito aberto, mas nem tanto

Da redação

| Edição de 15 de junho de 2018 | Atualizado em 25 de janeiro de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.


Cozinha e sala de jantar e estar em conceito aberto. Moda nos últimos anos, essa ideia nem sempre agrada todo mundo, principalmente por conta dos fatores odores e arrumação. Por conta disso, há soluções intermediárias que fazem muito sentido.

Imagem ilustrativa da imagem Conceito aberto, mas nem tanto


Por exemplo, muita gente gosta da ideia de ter uma cozinha integrada, mas gostaria da possibilidade de fechá-la de vez em quando. Como fazer isso de forma orgânica e harmônica, integrada ao projeto decorativo? 
Uma das possibilidades é porta de vidro. O material garante, de modo simples e prático, o isolamento de ambientes integrados quando desejado. Nesse caso, as portas de correr são as mais indicadas e garantem isolamento acústico e de odores, evitando que o cheiro de fritura ou de alimentos mais fortes se espalhe pela casa. 
Você pode optar pelo vidro liso e simples, que garante um visual mais clean, ou, se for o caso, vidro colorido ou mesmo jateado se a necessidade for de esconder temporariamente também a visão da cozinha.
Quando a ideia é esconder uma parte da cozinha, seja por conta da bagunça ou para tornar o ambiente mais aconchegante, divisórias removíveis são excelentes escolhas. Elas podem, ou não seguir até o teto, e podem ser feitas de inúmeros materiais, como palha, madeira e tecido e garantem um toque de privacidade a alguns pontos do ambiente sem comprometer a ideia de conceito aberto.  
Outra solução que interessante é o uso de porta e janelas sanfonadas. O bom também é que a ideia parece poder ser aplicada facilmente a áreas de qualquer tamanho com grande praticidade e ocupando pouco espaço. Essa é uma das saídas mais práticas para quem não quer complicação, principalmente em relação aos modelos de PVC, que tem baixo custo e grande facilidade de manutenção.
Usar uma estrutura vazada na divisão entre a cozinha e a sala de jantar também é uma solução simples e criativa para esse jogo de mostrar e esconder. 
Fixas, as estruturas podem ser feitas de inúmeros materiais e em tramas diversas. Madeira e até cerâmica - com os clássicos cogobós, que estão voltando à popularidade, são usados neste tipo de projeto.
Outra sugestão que vem do passado é optar por uma persiana ou cortina interessante para separar espaços temporariamente.