ESPORTES

min de leitura - #

Palmeiras visita o Cerro Porteño pela Libertadores

Da Redação

| Edição de 28 de junho de 2022 | Atualizado em 28 de junho de 2022
Imagem descritiva da notícia Palmeiras visita o Cerro Porteño pela Libertadores

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O Palmeiras enfrenta nesta quarta-feira, às 19h15, o Cerro Porteño, em Assunção, no estádio General Pablo Rojas. A partida abre o duelo das equipes pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América. 

O Verdão chega como favorito na fase de mata-mata da competição sul-americana. O time paulista, que tem a melhor campanha da fase de grupos, fechou como líder do Grupo A na primeira fase, com 100% de aproveitamento. 

O Palmeiras também é dono do melhor ataque, com 25 gols marcados, e ainda divide o posto de melhor defesa com o River Plate, com apenas três gols sofridos.

Além disso, tem a maior sequência invicta como visitante da Copa Libertadores e também nunca perdeu para o adversário atuando no Paraguai. 

O retrospecto geral do confronto aponta cinco vitórias palmeirenses, quatro empates e dois triunfos dos paraguaios em 11 partidas. As derrotas da equipe alviverde, porém, foram em São Paulo.

Para o jogo desta quarta-feira, o técnico Abel Ferreira contará com todos os titulares à disposição. Recuperado de uma lesão na coxa, o meia  Raphael Veiga se recuperou e fica à disposição. 

O volante Jaílson, com lesão no joelho direito, e o lateral-esquerdo Jorge, que testou positivo para covid-19, são os únicos desfalques palmeirenses.  

Já o Cerro Porteño fez a pior campanha entre os classificados às oitavas de final, avançando como segunda colocada do Grupo G com oito pontos. Os paraguaios marcaram apenas cinco gols na competição e sofreram quatro.

Azarão, o técnico Arce tem problemas para escalar a equipe. Ele, que fez história no Palmeiras como jogador, perdeu o lateral-direito Fabián Franco e o zagueiro Carlos Rolón. Os dois se lesionaram no clássico contra o Libertad no final de semana passado, quando a equipe perdeu de 1 a 0.