ESPORTES

min de leitura

São Paulo derrota Biguá e conquista Champions League das Américas no basquete

(via Agência Estado)

| Edição de 10 de abril de 2022 | Atualizado em 14 de abril de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O São Paulo conquistou seu primeiro título internacional de basquete na noite do último sábado com uma campanha impressionante. A equipe brasileira levantou o troféu da Champions League das Américas com uma vitória por 98 a 84 sobre o Biguá, do Uruguai, e terminou a competição com 100% de aproveitamento.

O jogo aconteceu na Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro, e marcou a nona vitória são-paulina em nove jogos na competição. A conquista também garante vaga para o São Paulo na Copa Intercontinental de 20.

O Flamengo era o atual campeão do torneio pelo título conquistado em 2021 e o São Paulo ainda se junta a Bauru, Brasília e Pinheiros, que conquistaram a competição quando ela ainda se chamava Liga das Américas.

O Minas também esteve em quadra no sábado para a disputa do terceiro lugar. A equipe mineira havia perdido para o São Paulo na semifinal e ficou com o bronze ao vencer o Quimsa, da Argentina, por 91 a 81. O Minas havia ficado em terceiro também na última edição.

O grande destaque do São Paulo e cestinha da final foi Bruno Caboclo, que anotou 29 pontos. O São Paulo viu o Biguá começar melhor, mas se reencontrou ainda no primeiro período e saiu vencendo por 30 a 26.

Após o time brasileiro abrir vantagem, o Biguá ameaçou uma virada, mas o São Paulo construiu placar confortável no terceiro período. Os uruguaios pontuaram mais na parte final do jogo e conseguiram reagir, mas não foi o suficiente para recuperarem o título.

O São Paulo se classificou em primeiro na fase de grupos ao vencer todos os seus seis jogos. O time paulista estava no Grupo B ao lado de Quimsa, da Argentina, e Nacional, do Uruguai. Na fase final, o São Paulo venceu o Real Estelí, de Nicarágua, por 75 a 71 nas quartas e eliminou o Minas por 93 a 79 na semi.