GERAL

min de leitura

Polícia Federal combate extração ilegal de areia no estado do Rio

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil (via Agência Brasil)

| Edição de 15 de junho de 2022 | Atualizado em 15 de junho de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Policiais federais fazem hoje (15) uma operação contra a exploração ilegal de um areal em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, no estado do Rio de Janeiro. A Operação Mineralis, da Polícia Federal (PF), cumpre dois mandados de busca e apreensão em Caxias e Belford Roxo, também na Baixada.

Imagem ilustrativa da imagem Polícia Federal combate extração ilegal de areia no estado do Rio
Imagem ilustrativa da imagem Polícia Federal combate extração ilegal de areia no estado do Rio

As investigações começaram em março de 2021 depois da prisão em flagrante do administrador do areal, de um transportador da areia extraída e de um vigia, que informava sobre a aproximação de policiais, anunciou a PF.

No andamento das investigações, constatou-se que havia pagamento de propinas a policiais para que não combatessem a prática ilegal.

De acordo com a Polícia Federal, explorar ilegalmente areia é considerado crime de usurpação contra a União, além de causar danos ambientais. Os investigados, cujos nomes não foram divulgados, responderão por associação criminosa, usurpação, crime ambiental e corrupção ativa.