GERAL

min de leitura

Presidente recebe líderes estrangeiros em celebração do Bicentenário

Pedro Rafael Vilela - Repórter da Agência Brasil (via Agência Brasil)

| Edição de 06 de setembro de 2022 | Atualizado em 06 de setembro de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O presidente Jair Bolsonaro recepcionou hoje (6) os chefes de Estado de Cabo Verde, Guiné-Bissau e Portugal, para a celebração dos 200 anos de Independência do Brasil. Além deles, enviados especiais dos governos de Angola e Moçambique, e o secretário-executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) também estão no país para participar de uma série de agendas comemorativas. A recepção oficial ocorreu no Palácio do Itamaraty, ocasião em que Bolsonaro se reuniu com os líderes estrangeiros e, em seguida, ofereceu um coquetel às autoridades.

Entre as autoridades presentes, estavam o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa; o presidente de Cabo Verde, José Maria Neves; o presidente Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló; o secretário-executivo da CPLP, Zacarias Albano da Costa; e o ministro da Presidência de Moçambique para Assuntos da Casa Civil, Constantino Alberto Bacela.

Segundo o Palácio do Itamaraty, "o convite e a presença de chefes de Estado e representantes de países de língua portuguesa simbolizam os laços históricos que os unem ao Brasil".

Além do coquetel comemorativo desta terça, os representantes estrangeiros participam, nesta quarta-feira (7), Dia Nacional da Independência, do desfile cívico-militar na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Eles assistirão ao desfile do palanque presidencial. Já na quinta-feira (8), assistirão à sessão solene do Congresso Nacional em celebração ao Bicentenário da Independência.

Ao chegar no Palácio do Itamaraty, o presidente de Portugal falou brevemente com jornalistas e exaltou a relação do país europeu com o Brasil. "Brasil e Portugal é sempre [uma relação] excepcional", disse Marcelo Rebelo.