GERAL

min de leitura

Superlua pode ser novamente vista nesta quinta-feira

Leandro Martins - Repórter da Rádio Nacional (via Agência Brasil)

| Edição de 11 de agosto de 2022 | Atualizado em 11 de agosto de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Para quem gosta de olhar para o céu à noite, esta quinta-feira (11) pode ser especial. É que, se o clima ajudar, será possível observar mais uma Superlua.

Mas o que significa esse termo? Segundo os astrônomos, o nome Superlua é dado quando ela passa mais perto da Terra, durante a Lua Cheia, e quando o lado que sempre vemos está todo iluminado pelo Sol.

Essa aproximação ocorre por causa de variações na órbita lunar. Quem explica é a astrônoma Josina Nascimento, do Observatório Nacional.

Segundo a astrônoma, a órbita da Lua tem dois pontos: o apogeu, quando ela passa mais longe da Terra, a 405 mil quilômetros de distância; e o perigeu, quando ela fica a pouco mais de 360 mil quilômetros de nosso planeta. Ou seja, 43 mil quilômetros mais próxima.

As Superluas ocorrem de 3 ou 4 vezes ao longo do ano. Esta é a última do ano.

Ouça na Radioagência Nacional: