POLÍTICA

min de leitura - #

Apoiadores reforçam campanhas de Bolsonaro e Lula em Apucarana

Fernando Klein

| Edição de 27 de outubro de 2022 | Atualizado em 27 de outubro de 2022
Imagem descritiva da notícia Apoiadores reforçam campanhas de Bolsonaro e Lula em Apucarana

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Os apoiadores dos presidenciáveis Jair Bolsonaro (PL) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) estão mobilizados em Apucarana e prometem manter a busca por votos até o último prazo. O segundo turno das eleições de 2022 ocorre neste domingo. Eleitores e candidatos podem fazer campanha até neste sábado. O uso de carros de som para propaganda eleitoral, por exemplo, é permitido até as 22h da véspera, assim como a data também marca o último dia para a distribuição de material gráfico (como adesivos e santinhos) e para a realização de caminhadas ou carreatas.

Os eleitores de Jair Bolsonaro estão intensificando nesta semana os “adesivaços” na Praça Rui Barbosa. Segundo uma das lideranças da campanha do presidente em Apucarana, André Romagnoli, o clima é de otimismo para domingo. “Desde quarta-feira, estamos colocando adesivos após as 18 horas na Praça Rui Barbosa”, informa.

Segundo ele, o trabalho prosseguirá até amanhã, quando está previsto um ato público a partir das 15 horas no centro em defesa da reeleição do presidente Jair Bolsonaro. Romagnoli afirma que o objetivo é melhorar o desempenho do candidato do PL em Apucarana. No primeiro turno, Bolsonaro venceu com 63,22% dos votos válidos. “Queremos passar de 70% agora no segundo turno”, diz.

Segundo ele, a situação do presidente é consolidada no Sul. Por isso, ele acredita que a virada vai acontecer principalmente nos estados do Sudeste. Romagnoli defende o atual governo e afirma que os resultados mostram melhoria na vida da população. “O mundo inteiro sofreu com a pandemia de covid-19, mas o Brasil conseguiu ter a melhor recuperação econômica do G20 (grupo que reúne representantes de países desenvolvidos e países em desenvolvimento)”, defende, citando ainda a redução do desemprego e a queda na taxa de homicídios no País.

Os militantes do PT também estão na rua buscando reduzir a diferença registrada no primeiro turno em Apucarana, quando Lula obteve 28,09% dos votos válidos na cidade. O deputado estadual reeleito Arilson Chiorato coordena a campanha do ex-presidente no Paraná.

“Estamos muito otimistas. A nossa meta é que Lula chegue a 45% dos votos válidos no Paraná neste domingo”, afirma o deputado. No primeiro turno, o petista fez 35,9% dos votos no Estado contra 55,2% de Bolsonaro

Nesta quinta-feira (27) à noite, dia do aniversário de Lula (ele completou 77 anos), uma festa foi organizada pelos militantes em um bar na Rua Ouro Branco. Nesta sexta-feira está previsto um “adesivaço” nos bairros e amanhã vai ocorrer um “bandeiraço” na Praça Rui Barbosa e na região do Terminal Urbano na parte da manhã, com encerramento da campanha com uma caminhada no Núcleo Marcos Freire, no Residencial Fariz Gebrim e outros bairros, com a presença do deputado.