POLÍTICA

min de leitura - #

Câmara cobra atendimento do SAS em Apucarana

Edison Costa

| Edição de 29 de agosto de 2022 | Atualizado em 29 de agosto de 2022
Imagem descritiva da notícia Câmara cobra atendimento do SAS em Apucarana

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

A Câmara de Apucarana aprovou na sessão ordinária desta segunda-feira requerimento assinado pelos vereadores Marcos da Vila Reis (PSD) e Tiago Cordeiro de Lima (MDB) pedindo à Secretaria de Administração do Governo do Estado a implantação, em Apucarana, de uma sede do Serviço de Assistência à Saúde (SAS), com especialistas em diversas áreas, para atendimento aos servidores públicos do Estado. Trata-se de uma reivindicação que já foi feita pelos vereadores na Legislatura passada, mas que até agora não foi atendida. 

Um outro requerimento, de autoria do vereador Marcos da Vila Reis, pede informações ao Hospital da Providência se já existe credenciamento do hospital para atender pelo SAS ou não, conforme pedidos feitos anteriormente. Hoje, os servidores do Estado são obrigados a se deslocar para Londrina, onde o atendimento médico e ambulatorial é feito pelo SAS por intermédio da Santa Casa. 

Marcos da Vila Reis e Tiago Lima alegam que, pelo porte de Apucarana, a cidade precisa ter um atendimento do SAS no próprio município, que é polo de uma região compreendida por 26 municípios, onde existem mais 5 mil servidores públicos do Estado.

“A batalha que a gente não vence é a batalha que a gente deixa de lutar”, disse Marcos da Vila Reis, lembrando da sua própria luta já travada em 2018 e 2019. “Apucarana, que compreende uma região com cerca de 500 mil habitantes, merece ter uma sede do SAS para atender os servidores públicos do Estado”, justificou Tiago Lima.

A Câmara aprovou dois projetos de lei em segundo turno. Um do vereador Luciano Facchiano (PSB), que cria o Museu de Antiguidades, e outro de sua própria autoria e da vereadora Jossuela Pirelli (PROS), que cria e oficializa o Campeonato Municipal de Futebol Amador.

Também foram aprovados mais quatro requerimentos: dois do vereador Poim (PSD) pedindo capela mortuária na Caixa de São Pedro e iluminação da estrada velha do Pirapó; um de Lucas Leugi (PP) pedindo informações sobre pagamento de honorários em processos de execução fiscal a procuradores do Município; e outro de Moisés Tavares (Cidadania) pedindo informações sobre a decoração natalina. (EDISON COSTA)