POLÍTICA

min de leitura - #

Câmara de Apucarana faz limpeza de pauta

Edison Costa

| Edição de 30 de junho de 2022 | Atualizado em 30 de junho de 2022
Imagem descritiva da notícia Câmara de Apucarana faz limpeza de pauta

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

A Câmara de Apucarana realizou duas sessões extraordinárias na tarde desta quinta-feira. Os vereadores aprovaram três projetos de lei do Executivo, dois do Legislativo, dois projetos de decreto legislativo da Comissão de Justiça, Legislação e Redação (CJLR) e três requerimentos de autoria dos vereadores. A Câmara fez limpeza de pauta para entrar no recesso parlamentar, que começa nesta sexta-feira e vai até 31 de julho.

Um dos principais projetos do Executivo trata da contratação de 50 jovens aprendizes pelo Programa Aprende. De acordo com o projeto, 25 vão trabalhar na administração direta em diferentes secretarias e outros 25 na Autarquia Municipal de Educação.

Um Projeto de Decreto Legislativo de responsabilidade da CJLR referenda convênio entre o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e o Município de Apucarana, no valor de R$ 3,3 milhões, para execução de ações relativas ao Programa Agropecuária Sustentável para recuperação e adequação de estradas rurais.

Entre os requerimentos, destaque para o pedido da vereadora Jossuela Pirelli (PROS), que propõe a implantação da modalidade de esporte Kung Fu no Jogos das Crianças (Jocas) realizado entre alunos das escolas municipais.

Já um requerimento do vereador Lucas Leugi (PP) pede informações ao diretor do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan) se foi enviada alguma notificação à Viação Apucarana Ltda. (Val) sobre o que ele considera “precariedade dos serviços prestados pela empresa na área do transporte coletivo público de passageiros no município”. O mesmo vereador teve requerimento aprovado pedindo informações sobre pisos salariais de agentes de saúde e de endemias.

Foram aprovados ainda projeto de lei do vereador Rodrigo Recife (União Brasil), que concede título de cidadão honorário ao empresário Wanderlei Faganello; um projeto do Executivo que trata de cessão de terreno a empresa; além de outro do presidente da Câmara, Franciley Poim (PSD), que altera artigo de lei municipal. (EDISON COSTA)