POLÍTICA

min de leitura - #

Candidata ao Senado percorre o Vale

Da Redação

| Edição de 31 de agosto de 2022 | Atualizado em 31 de agosto de 2022
Imagem descritiva da notícia Candidata ao Senado percorre o Vale

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

A deputada federal Aline Sleutjes (foto), candidata ao Senado pelo PROS nas eleições desse ano, esteve nesta semana no Vale do Ivaí, onde visitou vários municípios em campanha eleitoral. A parlamentar esteve, por exemplo, com o prefeito Dalton Moreira (PDT), de Borrazópolis, para um encontro com lideranças locais e apoiadores. Nesta quarta-feira, a candidata usava as redes sociais para chamar apoiadores para a “motociata do capitão”, em Curitiba, referindo-se à agenda à Capital do Estado ontem à tarde de Jair Bolsonaro, embora o presidente apoie o deputado federal Paulo Martins (PL) para senador. Outros candidatos a cargos eletivos de diferentes regiões também estão se cruzando no Vale do Ivaí nesta campanha eleitoral.

Vital com agenda cheia

O vice-prefeito de Apucarana e candidato a deputado estadual Paulo Sergio Vital (PSD) tem percorrido diariamente grupos sociais e empresas de Apucarana, numa agenda de visitas que começa logo no amanhecer e só termina à noite. Em muitos compromissos, ele tem sido acompanhado inclusive por algum dos oito vereadores da base de sustentação da administração na Câmara Municipal. Aliás, todos os vereadores da base estavam no ato de lançamento da campanha de Beto Preto (PSD) a deputado federal, no último sábado. Além disso, Paulo Vital, que dobra com Beto Preto, conta com o importante apoio do prefeito Junior da Femac (PSD).

Prioridade para deputados

O financiamento de candidaturas para deputado federal está entre as prioridades dos partidos para as eleições deste ano, conforme os critérios de distribuição do Fundo Especial de Financiamento de Campanha, que tem um valor total de R$ 4,962 bilhões. Conhecido como Fundo Eleitoral, ele é uma das principais fontes para custear a campanha para deputado federal, que apresenta um teto de gastos de R$ 3,117 milhões por candidato. Nas declarações entregues aoTSE, partidos explicam que estão dando prioridade a candidatos a deputado federal por causa da necessidade de cumprir as exigências da cláusula de desempenho, pela qual partidos têm que alcançar no mínimo 2% dos votos para a Câmara para terem acesso ao fundo. 

Surpresa para o Senado?

Em conversa com amigos, o prefeito de Borrazópolis, Dalton Moreira (PDT), tem dito que poderá haver uma surpresa na disputa ao Senado nas eleições desse ano. Ele acredita que os dois candidatos à frente nas pesquisas, Alvaro Dias (Podemos) e Sérgio Moro (União Brasil), possam acabar superados na disputa. Dalton não fala de Aline Sleutjes, que esteve visitando seu município nesta semana, mas lembra da última eleição, quando os nomes que apareciam à frente nas pesquisas – os ex-governadores Roberto Requião e Beto Richa - foram superados e surpreendidos com a eleição de Flávio Arns e de Oriovisto Guimarães. Para o prefeito, em eleição tudo pode acontecer e não deverá ser diferente neste ano.

Orçamento de Arapongas

A Prefeitura de Arapongas realizou na terça-feira à tarde audiência pública para apresentação do projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2023. O evento reuniu no auditório da Prefeitura representantes de todas as secretarias municipais e servidores, além de lideranças comunitárias. De acordo com o documento da Secretaria Municipal de Planejamento e Orçamento, Arapongas tem um orçamento previsto de R$ 561,5 milhões para o ano que vem, conforme estudo feito junto com o prefeito Sérgio Onofre da Silva (PSC). Somente de receitas tributárias próprias, o Município poderá arrecadar em torno de R$ 116,1 milhões incluindo IPTU, ISS, ITBI e outros tributos, de acordo com as previsões iniciais.