CIDADES

min de leitura - #

CRAS do “Dom Romeu” homenageia Pastor Othoniel Gonçalves

Da Redação

| Edição de 11 de novembro de 2022 | Atualizado em 11 de novembro de 2022
Imagem descritiva da notícia CRAS do “Dom Romeu” homenageia Pastor Othoniel Gonçalves

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Num ambiente carregado de emoção, familiares, amigos e autoridades participaram nesta sexta-feira da inauguração do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), do Núcleo Habitacional Dom Romeu Alberti.

O novo CRAS recebeu o nome de “Pastor Othoniel Gonçalves” e foi oficialmente entregue pelo prefeito Junior da Femac e a secretária de assistência social, Ana Paula Nazarko.

O prefeito de Apucarana, Junior da Femac, justifica a homenagem ao Pastor Othoniel Gonçalves, pela sua trajetória em Apucarana e Arapongas na evangelização, e nas áreas da cultura, educação e esportes. “Othoniel tinha 56 anos de trajetória pastoral, sendo ligado nos últimos anos à Igreja Presbiteriana Independente do Brasil. Infelizmente, ele foi mais uma vítima da Covid-19, tendo falecido em abril de 2021, poucos dias após perder sua esposa Cleri Gonçalves, também pela Covid”, lembra o prefeito.

Conforme destaca ele, o Pastor Othoniel era muito próximo da gestão, tendo atuado em várias funções na educação e junto ao gabinete desde 2013, com Beto Preto, e depois na sua gestão, como secretário de assuntos estratégicos. “Era um homem de muita sabedoria e mansidão. Foi um grande conselheiro. Como pastor, levou a palavra de Deus incansavelmente, sempre lembrando que somos filhos e filhas do mesmo pai. Na vida pública, em todas as funções que exerceu, trabalhou para diminuir as diferenças e ajudar os que mais precisavam”, resumiu o prefeito.

Participaram da solenidade os filhos do homenageado, Otoniel Junior, Cláudio e Eulina, além de netos e outros familiares. “É uma grande honra para a nossa família receber essa homenagem, que deixará sempre boas memórias dos feitos de meu pai”, afirmou Eulina.

Na solenidade, Otoniel Junior empunhando um violão cantou a música “portas abertas” que era a preferida de seu pai. “Ele sempre lutou por justiça social e por igualdade e estará vivo neste CRAS”, discursou Junior.