POLÍTICA

min de leitura - #

coluna da Tribuna

DA REDAÇÃO

| Edição de 19 de janeiro de 2022 | Atualizado em 25 de janeiro de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Surpresa no Morada do Sol

Ao entregar ontem obras de infraestrutura urbana no Jardim Morada do Sol, incluindo uma nova etapa do Programa interbairros – com a ligação com o Jardim Paulista -, o prefeito de Apucarana, Junior da Femac (PSD), surpreendeu os moradores do bairro. Ele anunciou que a região vai ganhar calçadas, um parquinho infantil e uma academia ao ar livre, além de modernização da iluminação pública. “O asfalto chegou depois de 40 anos de espera dos moradores do Jardim Morada do Sol. E, ao contrário do que acontecia em gestões anteriores a 2013, nenhum cidadão vai receber carnê para pagar o asfalto. Com planejamento e sem corrupção o dinheiro público pode sim garantir obras como essa”, disse Junior aos moradores.

Gestão com planejamento
O vice-prefeito Paulo Vital (PROS) cumprimentou o prefeito Junior da Femac por planejar e honrar compromissos assumidos. “Ele anunciou que nenhuma rua de Apucarana iria ficar sem asfalto e isso está próximo de se concretizar”, assinalou Vital. O vice também enalteceu o planejamento da gestão, revelando que todas as obras que estão no cronograma deste ano já têm prazo de execução definido e recursos assegurados. “Isso é administrar com planejamento e respeitar os cidadãos, aplicando bem o dinheiro público gerado com o Imposto Predial e Territorial Urbano, o IPTU, além de outros tributos”, comentou o vice-prefieto Paulo Vital, que acompanha de perto as ações administrativas. 
“Sinal Vermelho”
A prefeita de São João do Ivaí, Carla Emerenciano (PSL), sancionou projeto de lei de autoria dos vereadores Thiago Henrique (MDB) e Olívia Fróes (PP), que institui no município o programa “Sinal Vermelho contra a Violência”. O projeto define medidas de combate à violência contra a mulher. O código do “Sinal Vermelho” se constitui na forma de um X que a mulher marca no meio da sua mão, feito com um baton vermelho ou caneta, sempre que for vítima de violência ou se sentir ameaçada de violência por alguém. Pelo sinal as pessoas identificam que ela está precisando de ajuda e comunicam o fato imediatamente à Polícia Militar ou à Delegacia de Polícia.

Podemos e Cidadania 
Em busca de alianças políticas que possam turbinar a campanha do ex-ministro Sérgio Moro (Podemos), a presidente do partido, deputada Renata Abreu (SP), se reuniu no fim de semana com o Cidadania para discutir a formação de uma federação partidária, uma das novidades desta eleição. Caso confirmada, a união garantiria a primeira legenda na coligação de Moro, ampliando recursos e tempo de TV. O Podemos é considerado uma sigla pequena, com apenas a 12ª maior fatia do fundo eleitoral neste ano, de R$ 229 milhões.