POLÍTICA

min de leitura - #

Jandaia do Sul adota política de incentivo às compras públicas

Claudemir hauptmann

| Edição de 09 de agosto de 2022 | Atualizado em 09 de agosto de 2022
Imagem descritiva da notícia Jandaia do Sul adota política de
incentivo às compras públicas

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Aadministração municipal de Jandaia do Sul vem criando uma política pública usando o próprio poder de compra da Prefeitura como um gerador da economia local, para estimular a criação de novos negócios, mais empregos e a distribuição de renda. A atual gestão acaba de lançar o programa Jandaia Compra Aqui, que pretende proporcionar uma injeção anual de no mínimo R$ 14 milhões no comércio local, através das compras públicas.

Entusiasta do programa, o prefeito Lauro Júnior (União Brasil) afirma que o modelo pode alavancar a economia local e tem potencial para estimular o desenvolvimento de negócios em todas as cidades, mudando o cenário local e regional. O Jandaia Compra Aqui foi articulado pela administração municipal, a partir de orientações do Ministério Público e do Tribunal de Contas do Estado (TCE), para que as empresas locais sejam priorizadas nos processos licitatórios. O modelo já é adotado por cidades como Londrina e Marialva e vem se consolidando como tendência para incentivar a produção local, de forma a ampliar o giro econômico criado pelas atividades públicas nas próprias cidades.

Ao lado dos diretores Administrativo e de Comércio e Indústria, Marcos Rezende e Vitor Masashi Elias Hashimoto, respectivamente, o prefeito Lauro Júnior explica que no ano passado toda a despesa empenhada pela Prefeitura de Jandaia do Sul alcançou o volume total de quase R$ 76 milhões, dos quais, aproximadamente um terço, R$ 24 milhões foram gastos em compras públicas licitadas. Desses R$ 24 milhões, menos de 20% ficaram na cidade, já que a maioria absoluta das empresas que participam das licitações são de outras regiões e de outros estados.

Lauro Júnior quer que, a partir do programa Jandaia Compra Aqui, pelo menos 60% das compras públicas da prefeitura sejam faturadas pelas empresas locais, especialmente as de micro e pequeno porte, justamente as que mais geram emprego. Isso significa dizer, conforme o prefeito, que o programa tem potencial para injetar, inicialmente, pelo menos R$ 14 milhões nas empresas da cidade.

Os dados são corroborados com o período de pilotagem do programa. A prefeitura vinha testando o modelo de trabalho há três meses e, só nesse período, nada menos do que R$ 1,8 milhão em compras públicas foi faturado por empresas da própria cidade.

O prefeito destaca que a Prefeitura consome muitos produtos e serviços. “Nós estamos trabalhando de mãos dadas com o empresariado local para que esse dinheiro possa girar na própria cidade e possamos aumentar os níveis de emprego e renda, tão importantes em cidades pequenas como a nossa”, explica.


Projeto licitatório também provoca impacto na economia regional

O prefeito Lauro Júnior explica, ainda, que essa política pública deve servir de modelo para todas as cidades da região. Ele ressalta que o modelo de trabalho permite um estímulo também de caráter regional na economia.

“Certamente teremos a demanda de muitos produtos e serviços que, eventualmente, não sejam disponibilizados por empresas daqui de nossa cidade. Claro que temos cidades importantes ao nosso redor e nessas cidades certamente encontraremos esses produtos e serviços, fazendo com que esses recursos também beneficiem outras cidades de nosso entorno”, explica Lauro Júnior. “Vamos fortalecer Jandaia. Mas também vamos trabalhar parcerias com as cidades da região para fortalecer e ajudar a desenvolver o Vale do Ivaí”, diz Lauro Júnior. Para ele, esse tipo de programa e de esforço regional tem capacidade para mudar a realidade das cidades de pequeno porte. “Podemos mudar a realidade do interior, de todo o Vale do Ivaí”, diz.