POLÍTICA

min de leitura

No Paraná, Felipe D'Avila defende maior abertura comercial do Brasil

Ana Cristina Campos – Repórter da Agência Brasil (via Agência Brasil)

| Edição de 13 de setembro de 2022 | Atualizado em 13 de setembro de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

“O Brasil precisa abrir sua economia para voltar a se tornar mais competitivo no mundo. Todos os países que enriqueceram, enriqueceram competindo no comércio internacional. E o melhor do Brasil, que é o agronegócio, é o único setor da economia que cresce nesse comércio internacional”, disse o presidenciável.

O candidato acrescentou que seu plano de governo prevê uma abertura gradual da economia para permitir a reindustrialização “para que a indústria brasileira tenha acesso ao melhor da tecnologia, às cadeias globais de valor e ao crédito internacional”.

Notícias relacionadas:

A agenda do candidato também conta com uma visitar ao Gerar, organização sem fins lucrativos destinada a desenvolver e implementar projetos de sustentabilidade social e ambiental, uma caminhada no calçadão de Curitiba e a apresentação das propostas do plano de governo do Novo à maçonaria.