POLÍTICA

min de leitura

Novo presidente da Ceagesp deve ser anunciado na próxima semana

Elaine Patricia Cruz – Repórter da Agência Brasil (via Agência Brasil)

| Edição de 13 de janeiro de 2023 | Atualizado em 13 de janeiro de 2023
Imagem descritiva da notícia Novo presidente da Ceagesp deve ser anunciado na próxima semana

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O ministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, Paulo Teixeira, visitou na tarde de hoje (13) a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), na Vila Leopoldina, em São Paulo. Durante sua visita, o ministro disse ter indicado o ex-prefeito de Jacareí (SP), Hamilton Ribeiro Mota, para ocupar interinamente o posto de diretor-presidente da companhia.

O cargo de diretor-presidente da Ceagesp estava vago desde o dia 6 de janeiro, quando o então ocupante da função, o coronel Ricardo Augusto Nascimento de Mello Araujo, anunciou a sua renúncia, sem esperar pelo anúncio do nome que o substituiria. “Estou aqui de maneira interina para ajudá-los naquilo que for possível e no que estiver ao meu alcance”, disse Mota, em apresentação aos funcionários.

Notícias relacionadas:

Segundo o ministro, o nome de quem vai ocupar, de fato, a presidência da Ceagesp ainda não foi definido. “Fiz uma indicação provisória porque a diretoria renunciou e ela não pode ficar acéfala. Então fiz uma nomeação provisória e vou conversar sobre a direção da Ceagesp com o presidente Lula”, disse Teixeira. Segundo ele, a expectativa é de que um novo nome para a presidência da companhia possa ser anunciado na próxima semana. “Esperamos que o presidente [Lula] bata o martelo na próxima semana”.

Até o final do ano passado, a Ceagesp estava vinculada ao Ministério da Economia mas um decreto publicado no dia 1º de janeiro deste ano, pelo governo federal, passou a sua estrutura para o Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar.

Desafios

Na tarde de hoje, o ministro passeou pelo entreposto de São Paulo e depois conversou com funcionários da companhia. A esses funcionários, Teixeira manifestou que é contrário à privatização da companhia. “Eu particularmente, sou contra a privatização. Acho que uma empresa pública que dá lucro pode continuar dando lucro para o povo brasileiro”, disse ele.

Em discurso aos funcionários, Teixeira falou que terá três grandes desafios na gestão de sua pasta. “O presidente Lula quer voltar o PAA, que é o Programa de Aquisição de Alimentos, e quer fortalecer o Pnae, que é o Programa Nacional de Alimentação Escolar. E ele também quer fortalecer o Programa de Compras Diretas pelos Órgãos Públicos da Agricultura Familiar. Em pouco tempo, vamos fortalecer a agricultura familiar para cumprir três objetivos: alimentar o povo brasileiro, produzir alimentos bons e baratos e produzir alimentos saudáveis. E eu incluo um quarto pilar que é a alimentação sustentável: ter uma agricultura que ajude a evitar ainda mais o agravamento da questão climática”, disse o ministro.

A Ceagesp

A Ceagesp surgiu em maio de 1969, resultado da fusão de duas empresas mantidas pelo governo do estado de São Paulo: o Centro Estadual de Abastecimento (Ceasa) e a Companhia de Armazéns Gerais do Estado de São Paulo (Cagesp). Em 1997, ela foi federalizada.

A companhia possui 13 entrepostos, que estão localizados nas cidades de São Paulo, Araçatuba, Araraquara, Bauru, Franca, Guaratinguetá, Marília, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

O entreposto de São Paulo é a maior central de abastecimento de frutas, legumes, verduras, flores, pescados e diversos [alho, batata, cebola, coco seco e ovos] da América Latina. Por ele circulam cerca de 50 mil pessoas por dia.

Segundo a gestão anterior, a companhia fechou o ano de 2021 com lucro de R$ 27,382 milhões. Os números do ano passado ainda não foram fechados, mas a expectativa é de que o lucro some R$ 24,511 milhões.