POLÍTICA

min de leitura - #

Paraná terá eleição mais disputada para deputados

Claudemir hauptmann

| Edição de 16 de agosto de 2022 | Atualizado em 16 de agosto de 2022
Imagem descritiva da notícia Paraná terá eleição mais disputada para deputados

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Encerrados os prazos de inscrição, os números do Tribunal Superior Eleitoral revelam que as eleições de 2022 serão as mais disputadas da história em número de candidatos a deputado federal e a estadual. Nada menos do que 626 nomes estão na disputa a uma vaga na Câmara Federal, uma alta de 39,1% em relação aos 450 candidatos de 2018. Já para uma cadeira na Assembleia Legislativa do Estado, 872 candidatos pediram registro, número 13,6% maior que a lista de candidatos de 2018, que teve 767 candidatos e também acima do recorde anterior, que era da eleição de 2014, com 847 nomes.

Dos 30 deputados federais eleitos pelo Paraná em 2018, 23 vão à reeleição. Já dos 54 deputados estaduais, nada menos do que 43 tentam um novo mandato na Assembleia Legislativa do Estado.

Curiosamente, o número de diretórios de partidos legalizados no TSE é menor para as eleições de 2022.

Segundo o TSE, o Paraná tem 31 diretórios estaduais e 3.295 diretórios municipais aptos para as eleições de 2022. Os números são menores que os registrados para as eleições de 2018, quando o Paraná tinha 36 diretórios estaduais e nada menos do que 5.080 diretórios municipais.

Em todo o País, serão 10.269 candidatos a deputado federal, número 10,2% maior que nas eleições de 2018, que teve 8.588 candidatos. Para deputado estadual, são 16,232 candidatos em todo o país nesse ano, número menor que o registrado em 2018, quando foram 17.941 candidatos (-9,35%).

Ao todo, o Paraná tem 1546 candidatos. São 9 candidatos ao governo, 9 vices, 10 candidatos ao Senado, mais 20 suplentes, 626 candidatos a deputado estadual e 872 candidatos a deputado federal.

Ao Senado, o Estado também tem uma disputa bastante acirrada. Se em 2018, era duas vagas em disputa, com 16 candidatos (34 suplentes), para 2022 são 10 candidatos na disputa (20 suplentes), mas uma única vaga. Álvaro Dias é o único entre os candidatos que tenta a reeleição. (CLAUDEMIR HAUPTMANN)