POLÍTICA

min de leitura - #

Pedidos de vista adiam votação de propostas do governo

Da Redação

| Edição de 22 de novembro de 2022 | Atualizado em 22 de novembro de 2022
Imagem descritiva da notícia Pedidos de vista adiam votação de propostas do governo

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Pedidos de vista apresentados por parlamentares nas comissões temáticas da Assembleia Legislativa do Paraná adiaram para esta quarta-feira a votação, em plenário, do pacote de projetos encaminhados pelo governador Ratinho Junior (PSD).

Nesta terça-feira, o projeto que transforma a Companhia Paranaense de Energia (Copel) em corporação com capital disperso, foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), porém recebeu um pedido de vista na Comissão de Finanças. Já o texto que propõe a reforma administrativa do Estado, criando e extinguindo secretarias, recebeu um novo pedido de vista na CCJ. A duas comissões voltam a se reunir nesta quarta-feira pela manhã. As propostas do pacote do governo tramitam em regime de urgência.

De acordo com o Executivo, a transformação da Copel em uma corporação tem como principal objetivo aumentar sua competitividade no setor elétrico brasileiro para beneficiar o consumidor paranaense. Na Comissão de Finanças, a proposta recebeu um pedido de vista formulado pelo deputado Arilson Chiorato (PT) que, inclusive, promete entrar na Justiça para impedir a aprovação da medida.

Já a discussão do projeto de lei que promove a reorganização da estrutura administrativa do Estado para a gestão de 2023-2026, foi novamente adiada na CCJ, após a deputada Cristina Silvestri (PSDB) solicitar vista do voto em separado contrário ao projeto proferido pelo deputado Tadeu Veneri (PT). O texto propõe a criação de nove secretarias, desmembradas a partir da estrutura atual, e de cargos equivalentes para o gerenciamento das novas políticas públicas. As novas secretarias, de acordo com a matéria, serão Justiça e Cidadania; Ação Social e Família; Mulher e Igualdade Racial; Cultura; Esporte; Turismo; Ciência, Tecnologia e Ensino Superior; Indústria, Comércio e Serviços; Trabalho, Qualificação e Renda; e Inovação, Modernização e Transformação Digital. Outros projetos também foram alvo de pedidos de vista.(EDITORIA DE POLÍTICA)