POLÍTICA

min de leitura - #

Polícia Militar vai fechar praça de Apucarana no dia da eleição

Fernando Klein

| Edição de 26 de outubro de 2022 | Atualizado em 26 de outubro de 2022
Imagem descritiva da notícia Polícia Militar vai fechar praça de Apucarana no dia da eleição

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O 10º Batalhão de Polícia Militar (BPM) anunciou nesta quarta-feira que irá reforçar o policiamento neste domingo em Apucarana e região, quando ocorre o segundo turno das eleições presidenciais. Em Apucarana, a principal medida prevista é o fechamento da Praça Rui Barbosa para circulação de veículos a partir das 15 horas.

O bloqueio do trânsito no anel central não foi adotado em 2 de outubro, quando ocorreu o primeiro turno. Em nota divulgada à imprensa, o 10º BPM informou que o reforço do policiamento também acontecerá nos locais de votação, visando garantir o “direito ao voto a todos os eleitores, prevenindo e coibindo os possíveis crimes que interfiram no bom andamento da votação”.

Além da Praça Rui Barbosa, a PM informou que vai interromper o trânsito nas proximidades do Fórum Eleitoral, localizado na Rua Urânio, na região do Parque Jaboti, a partir das 17 horas. O objetivo é garantir a segurança do local, onde ocorrerá a transmissão dos dados das urnas eletrônicas neste domingo

A Guarda Civil Municipal (CGM) vai auxiliar a PM no trabalho de segurança do segundo turno. Segundo o comandante da GCM, Reinaldo Donizete de Andrade, equipes da corporação vão atuar nos principais colégios eleitorais e também farão rondas pela cidade durante o dia. A partir das 17 horas, segundo ele, os guardas de serviço vão se concentrar na Praça Rui Barbosa, que também receberá um contingente reforçado da PM.

“A PM solicitou o isolamento da Praça Rui Barbosa. Isso porque, com a divulgação dos resultados da eleição, haverá movimentação dos militantes de um ou de outro candidato vencedor”, afirma Andrade.

A preocupação das autoridades de segurança é justificada pelo clima hostil da disputa envolvendo o presidente Jair Bolsonaro (PL), que tenta a reeleição, e o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT). O clima esquentou principalmente no segundo turno com trocas de acusações, o que vem repercutindo e reverberando também entre os eleitores dos dois candidatos nas ruas.

ARAPONGAS

Assim como ocorreu no primeiro turno, o esquema de segurança das eleições em Arapongas contará com um contingente de cerca de 90 agentes, entre policiais militares e membros da Guarda Municipal. Segundo o secretário municipal de Segurança, Paulo Sérgio Argati, as equipes vão atuar no patrulhamento das vias públicas e também nos locais de votação para garantir a segurança dos eleitores e de todo o pessoal envolvido na condução do pleito. “As equipes ficarão atentas, mas esperamos ter um clima tranquilo”, afirma o secretário. 

Catedral cancela missa da noite neste domingo 

A Catedral Nossa Senhora de Lourdes decidiu cancelar a tradicional missa das 19h30 deste domingo (30) em Apucarana. O motivo é o segundo turno das eleições presidenciais entre Jair Bolsonaro (PL) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Como a missa está prevista para o horário em que a apuração dos votos já vai estar avançada, a direção da Catedral optou por não realizar a celebração, já que a praça deve receber aglomeração de eleitores. “A missa foi cancelada nesse horário apenas neste domingo em razão das eleições e depois voltará ao normal”, explicou o cura da Catedral padre José Roberto Rezende.

Os frequentadores da igreja vêm sendo comunicados durante as celebrações desta semana sobre a mudança do cronograma excepcionalmente para este domingo. No primeiro turno, a celebração ocorreu normalmente. 

A Praça Rui Barbosa também ficará fechada para o trânsito a pedido da Polícia Militar (PM), que está reforçando a segurança por conta do clima hostil da campanha no segundo turno. O acesso ao anel central será proibido a partir das 15 horas.

No entanto, os católicos terão outras opções de missas no domingo na Catedral. Apenas a celebração das 19h30 não será realizada. As missas das 7h30, 8h30, 10h30 e 18 horas vão acontecer normalmente, segundo a secretaria da Catedral.