CIDADES

min de leitura - #

Correção numeral chega ao Interlagos

DA REDAÇÃO

| Edição de 05 de fevereiro de 2022 | Atualizado em 17 de fevereiro de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

A Rua Pedro Hidalgo Martin é a primeira do Residencial Interlagos que está passando pelo processo de correção da numeração predial. A Tributech, contratada pela Prefeitura de Apucarana, iniciou nesta sexta-feira (04) a fazer a troca das placas de numeração. Das 222 casas existentes nesta rua, 29 terão a numeração alterada.

O prefeito Junior da Femac destaca que a desordem na numeração predial é um problema antigo, complexo e que agora está começando a ser resolvido. A situação resultou numa ação civil pública impetrada na justiça pelo Ministério Público Federal. Como desdobramento, foi assinado um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) entre a Empresa Brasileira de Correios (ETC) e a Prefeitura de Apucarana.
O diretor–presidente do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan), Carlos Mendes, afirma que ao longo do mês de fevereiro a correção será feita também nas outras ruas do Residencial Interlagos. “Na sequência, o trabalho terá continuidade nos demais bairros da região oeste, compreendida entre o Interlagos e o Bairro da Igrejinha”, informa Mendes.
Um dos critérios estabelecidos na Lei 013/2017, criada para regulamentar a correção, é a sequência lógica. “Há ruas em que existe esta sequência lógica e crescente, mas em outras a numeração está em total desordem. Por isso, a quantidade de números que precisa ser alterada varia muito. Há locais, como a Rua Pedro Hidalgo, onde o percentual é de cerca de 10% , mas existem ruas em que até 80% da numeração precisará ser alterada”, observa Mendes.
Junto com a colocação do novo número, o proprietário do imóvel recebe uma notificação na qual é informado que terá seis meses para fazer a atualização nos locais onde possui cadastro, como instituições governamentais, financeiras e comerciais. “Neste período, o morador irá conviver com dois números, para que não haja prejuízo no recebimento de correspondências e encomendas. Depois desse período, o número antigo será cancelado ”, esclarece Mendes.