ESPORTES

min de leitura - #

Lutador apucaranense vence brasileiro de jiu-jitsu no Rio

Da Redação

| Edição de 15 de agosto de 2022 | Atualizado em 15 de agosto de 2022
Imagem descritiva da notícia Lutador apucaranense vence brasileiro de jiu-jitsu no Rio

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O lutador apucaranense Rafael Teixeira, 34 anos, foi campeão no último domingo (14) na categoria absoluto durante o Campeonato Brasileiro de Jiu-jitsu sem kimono, em competição que foi realizada na Vila Olímpica no Rio Janeiro, com a presença dos principais atletas do país. Na mesma disputa, Teixeira ficou em segundo lugar na categoria super pesado.

“Estou muito feliz pelas conquistas alcançadas no maior evento de jiu-jitsu do Brasil e agradecido por contar com o apoio total do Conselho Municipal de Esportes de Apucarana. Agora é seguir treinando de olho nas próximas competições da temporada”, destaca Teixeira, que também pratica o MMA (mixed mastial arts).

Nesse ano o lutador de Apucarana também conseguiu outras conquistas no jiu-jitsu, sendo campeão no Floripa Winter, na Copa Rillion Gracie, na Copa Emporium e na competição denominada de “portas fechadas”.

Já as próximas competições do atleta estão marcadas para os dias 10 de setembro no MSC Sanda Combat em Apucarana e 19 de novembro na “Luta Contra o Câncer” em Londrina. O primeiro evento será no MMA e o segundo pela modalidade de jiu-jitsu. “Provavelmente farei mais uma luta de MMA no mês de dezembro”, disse Teixeira, que pratica o jiu-jitsu desde 2012. No MMA, o lutador de Apucarana tem 12 lutas com 10 vitórias e duas derrotas.

O secretário municipal de Esportes da Prefeitura de Apucarana, professor José Marcelino da Silva, o Grillo, enalteceu o desempenho do atleta no Rio de Janeiro. “O Teixeira está de parabéns pela conquista na competição nacional. É mais um título importante no currículo do lutador que vem fazendo uma ótima temporada no jiu-jitsu e estando entre os melhores do Brasil, com o lutador tendo o apoio do prefeito Junior da Femac”, disse o professor Grillo.