GERAL

min de leitura

RJ tem queda de homicídios e aumento de estupros em janeiro

Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil (via Agência Brasil)

| Edição de 16 de fevereiro de 2023 | Atualizado em 16 de fevereiro de 2023
Imagem descritiva da notícia RJ tem queda de homicídios e aumento de estupros em janeiro

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O estado do Rio de Janeiro registrou queda nos homicídios e roubos de rua no mês de janeiro, segundo levantamento divulgado hoje (16) pelo Instituto de Segurança Pública, órgão do governo estadual. Os casos de estupro, porém, tiveram alta de 14,5%, com 496 ocorrências. A incidência do crime no primeiro mês deste ano foi a maior desde 2014.

A pesquisa mostra que foi contabilizado nas delegacias de Polícia Civil o menor número de homicídios dolosos para o mês de janeiro dos últimos 32 anos: 252 casos. O número de ocorrências caiu 1% em relação ao ano passado.

Notícias relacionadas:

Também houve redução de 0,3% no indicador de letalidade violenta, que inclui homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte, roubo seguido de morte e morte por intervenção de agente do Estado.

As mortes por intervenção de agentes do Estado, porém, cresceram 2%, com o registro de 102 ocorrências em janeiro. Segundo o painel de dados do ISP, não houve policiais militares ou civis mortos em serviço no mês passado.

Crimes contra o patrimônio

O órgão divulgou que foram registradas nas delegacias 9% menos ocorrências de roubos de rua do que em janeiro de 2022. Esse indicador inclui os crimes de roubo a transeunte, roubo em coletivo e roubo de aparelho celular, que, somados, resultam em 4.660 casos.

Outros crimes que apresentaram redução foram roubo de veículo (3%) e roubo de carga (13%).