POLÍTICA

min de leitura - #

Brasil decreta luto pela morte da Rainha Elizabeth II

Da Redação

| Edição de 08 de setembro de 2022 | Atualizado em 08 de setembro de 2022
Imagem descritiva da notícia Brasil decreta luto pela morte da Rainha Elizabeth II

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) decretou luto oficial de três dias no País pela morte da rainha Elizabeth II nesta quinta-feira A decisão foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU). A monarca morreu aos 96 anos, após ocupar o trono por 70 anos, no que foi o reinado mais longevo da história do Reino Unido. Ela será sucedida pelo rei Charles III .

“É declarado luto oficial em todo o País, pelo período de três dias, contado da data de publicação deste Decreto, em sinal de pesar pelo falecimento da Sua Majestade a rainha Elizabeth II, do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte”, diz o comunicado do governo brasileiro.

Até início da noite de ontem, Bolsonaro ainda não havia se manifestado nas redes sociais, seu principal canal de comunicação, sobre a morte da rainha britânica. 

Principal adversário do chefe do Executivo na disputa pelo Palácio do Planalto, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que Brasil e Reino Unido tiveram “excelentes relações diplomáticas, políticas e comerciais” quando ele governou o País.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), disse que a rainha cumpriu seu papel constitucional “com louvor” e foi “exemplo de estadista”. Já o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que as ligações históricas entre Brasil e Reino Unido se fortaleceram no período em que Elizabeth II reinou.

CONDOLÊNCIAS

O Governo do Paraná também expressou ontem condolências ao povo britânico pela morte da Rainha Elizabeth II. Como símbolo de pesar as bandeiras na frente do Palácio Iguaçu serão hasteadas a meio mastro.

O governador Ratinho Junior (PSD) lembrou que ela foi uma das figuras públicas mais importantes das últimas décadas. Foi a monarca mais longeva da história do Reino Unido.

“O falecimento da rainha Elizabeth II é uma grande perda para o mundo. Uma figura histórica dos séculos XX e XXI. Meus sentimentos a todos os cidadãos britânicos e à família real”, declarou o governador. (DA REDAÇÃO)