CIDADES

min de leitura - #

Garoto de 13 anos morre após ser agredido por adolescentes

Adriana Savicki

| Edição de 21 de junho de 2022 | Atualizado em 21 de junho de 2022
Imagem descritiva da notícia Garoto de 13 anos morre após 
ser agredido por adolescentes

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

No início da noite de ontem, uma tragédia foi registrada em Apucarana. Um garoto de 13 anos morreu após sofrer uma parada cardiorrespiratória depois de ser violentamente agredido por um grupo de adolescentes no Jardim Ponta Grossa, zona norte da cidade. 

Quando os socorristas do Siate, do Corpo de Bombeiros e Samu chegaram ao local, o adolescente já estava inconsciente. O crime aconteceu próximo a UBS Maria do Café e os profissionais da unidade prestaram os primeiros socorros ao garoto.

Após procedimentos de reanimação que se prolongaram por mais de meia hora, o adolescente foi estabilizado e encaminhado em estado grave ao Hospital da Providência, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo apurado pela reportagem no local do incidente, o garoto foi agredido por um grupo de 5 a 6 jovens com idades próximas a da vítima, que o cercaram.

As agressões aconteceram na Rua Emiliano Perneta, esquina com a Rua Paranaguá, próximo ao Colégio Padre José Canale. De acordo com a Polícia Militar (PM), que atendeu a ocorrência, a vítima e parte dos agressores – alguns dos quais já identificados - são estudantes do colégio. Os demais envolvidos seriam jovens moradores do bairro. 

Testemunhas afirmaram aos policiais que moradores da região, quando perceberam a gravidade da situação, tentaram intervir e impedir a briga. No entanto, a os agressores só fugiram do local após a chegada das viaturas da polícia.

A mãe do adolescente chegou até o local  da briga no momento que a vítima estava sendo encaminhada ao hospital e precisou ser amparada por populares. Um grande número de moradores acompanhou o trabalho dos socorristas.  

Ainda não se sabe o que teria motivado as agressões. O corpo do rapaz foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Apucarana para apurar a causa morte. Até o fechamento desta edição, o adolescente não havia sido formalmente identificado. 

Por volta das 21 horas de ontem, a PM informou que equipes estavam em diligências no encalço dos suspeitos. Um deles teria sido localizado, mas a informação não foi confirmada. Também na noite de ontem, a direção do Colégio Padre José Canale suspendeu as aulas de hoje por motivo de luto. (ADRIANA SAVICKI, COM REPORTAGEM SÍLVIA VILARINHO)