CIDADES

min de leitura - #

Hemonúcleo recebe ônibus adaptado para coletas

Da Redação

| Edição de 12 de agosto de 2022 | Atualizado em 12 de agosto de 2022
Imagem descritiva da notícia Hemonúcleo
recebe ônibus adaptado para coletas

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

A Viação Apucarana Ltda fez, do grupo Comporte, nesta sexta-feira (12) a doação ao Município de um ônibus adaptado e equipado para a coleta de sangue. Na sequência, o veículo será repassado ao Hemonúcleo e vai percorrer bairros de Apucarana e também municípios da região. A expectativa é que, com a ampliação do serviço itinerante, haja um aumento das doações de sangue.

As chaves e a documentação do veículo foram repassadas ao prefeito Junior da Femac pelo diretor operacional do Grupo Comporte, Roberto Jacomelli, que esteve acompanhado de Enivaldo Bertazzo, gerente da Viação Apucarana Ltda.

O prefeito Junior da Femac afirma que o ônibus possui mobiliário, geladeiras e ar-condicionado que permitem as condições de refrigeração para a conservação das bolsas coletadas. “O custo total, com a adaptação, seria de cerca de R$ 120 mil e estamos recebendo como doação da empresa VAL. Esse ônibus vai percorrer os bairros e peço que as pessoas façam esse ato de solidariedade, pois ninguém sabe quem será a próxima pessoa que precisará de sangue”, reitera Junior da Femac.

O diretor do Grupo Comporte afirma que a empresa VAL busca se envolver com as questões da cidade. “A doação do ônibus para a coleta de sangue está neste contexto e espero esta ação sirva de modelo para outros projetos que pretendemos desenvolver em sintonia com a Prefeitura de Apucarana”, frisa Jacomelli.

Juliana Petchak, chefe do Hemonúcleo de Apucarana, afirma que o ônibus permitirá a ampliação do serviço de coletas externas, que já é realizado. “Atualmente fazemos com uma Van, mas com o ônibus teremos mais espaço para os nossos materiais e também vamos conseguir dar uma melhor acomodação para os doadores”, salienta, acrescentando que o atendimento móvel envolve 12 funcionários.

Juliana estima que com o ônibus será possível coletar entre 40 e 50 bolsas em cada visita. “O objetivo é chamar a atenção da população e estimular as pessoas a fazerem a doação. Facilitará também para as empresas, que muitas vezes têm dificuldade de liberar o trabalhador para vir até o Hemonúcleo”, pontua.