ESPORTES

min de leitura

Com lesão no tornozelo, Alcaraz desiste do Masters 1000 de Roma

Da Redação

| Edição de 09 de maio de 2022 | Atualizado em 09 de maio de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Após brilhar ao longo de toda a semana passada, o tenista espanhol Carlos Alcaraz não entrará em quadra no Masters 1000 de Roma, que começa nesta segunda-feira. O campeão de Madri e sensação da temporada sofreu uma lesão no tornozelo direito e decidiu se poupar nesta semana. A japonesa Naomi Osaka também ficará fora por questões físicas.

Alcaraz se machucou na partida com o compatriota Rafael Nadal, pelas quartas de final. A lesão não é grave, tanto que ele jogou mais dois confrontos após a lesão e chegou ao título, no domingo. Mas ele decidiu se precaver, diante da proximidade de Roland Garros, o ponto alto da gira de saibro na Europa. O Grand Slam francês começa no dia 22.

O tenista de 19 anos já desponta como candidato ao título em Paris em razão da grande fase que vive neste ano. O espanhol é quem mais levantou troféus neste ano, com quatro conquistas. A última delas veio na semana passada, que já entrou para a história. Isso porque ele se tornou o primeiro a vencer Nadal e Novak Djokovic num mesmo torneio sobre o saibro.

Em Madri, ele eliminou Nadal nas quartas e repetiu a dose contra o sérvio, atual número 1 do mundo, na semifinal. Na decisão, teve menos trabalho para superar o alemão Alexander Zverev, para coroar sua semana mais brilhante no circuito até agora. Com o feito, subiu para o sexto lugar do ranking, sua melhor posição da carreira.

O Torneio de Roma também não terá Naomi Osaka nesta semana. Ela desistiu da competição, a última grande antes de Roland Garros, por conta de uma lesão no tendão de Aquiles esquerdo. Ela não indicou qual é a gravidade do problema físico.

Osaka se machucou logo na estreia em Madri, na vitória sobre a russa Anastasia Potapova, há dez dias. "Eu preciso ser cuidadosa, principalmente porque estamos perto de Roland Garros", explicou a ex-número 1 do mundo.