ESPORTES

min de leitura - #

GIRO ESPORTIVO

Da Redação

| Edição de 09 de maio de 2022 | Atualizado em 09 de maio de 2022
Imagem descritiva da notícia GIRO ESPORTIVO

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O Apucarana Futsal quebrou a sequência de derrotas que vinha sofrendo na Série Prata do Campeonato Paranaense de Futsal. Depois de três derrotas consecutivas, todas fora de casa, a equipe recebeu o Quedas do Iguaçu no Ginásio Lagoão e goleou por 4 a 0.

Lukinhas, Preá, Luan, Guilherme marcaram para o time de Apucarana.

Mesmo com a vitória, a equipe apucaranense se manteve na sétima posição do campeonato, agora com 10 pontos somados. O Quedas do Iguaçu caiu para a oitava colocação, com nove pontos ganhos.

A próxima partida será contra o Coronel, pela 9ª rodada da competição, no Ginásio Barro Preto, em Coronel Vivida. O jogo começa às 19h do próximo sábado (14).

Essa é a primeira fase do campeonato, que vai até a 26ª rodada, em setembro. Oito equipes se classificam para a próxima fase, prevista para começar no início de outubro. Treze equipes brigam por oito vagas classificatórias.

Apucarana goleia Arapongas por 6 a 0

O Futsal feminino de Apucarana aplicou uma grande goleada sobre o Arapongas Futsal pelo placar de 6 a 0. A partida aconteceu na tarde de domingo (8), no Ginásio de Esportes Lagoão, pela 3ª rodada da primeira fase da Série Prata do Campeonato Paranaense de Futsal.

Andreia (2), Ronaldinha (2), Giovana Nayara e Fabrícia marcaram para o time da casa, que agora é líder isolado da competição.

Athletico-PR enfrenta o Tocantinópolis

Nesta terça-feira, Athletico-PR e Tocantinópolis vão se enfrentar pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. O duelo será às 21h30, na Arena da Baixada. A partida marcará a estreia de Felipão no comando do Furacão. O treinador foi anunciado na última quarta-feira e acompanhou a vitória por 1 a 0 sobre o Ceará em Curitiba no sábado.

Conmebol muda o Código Disciplinar

A Conmebol prometeu não aceitar mais atos de intolerância em seus torneios e deu o primeiro passo para o fim da discriminação nos estádios nesta segunda-feira. Após sete registros de racismo presenciados durante os jogos da quarta rodada das copas Libertadores e Sul-Americana, a entidade anunciou mudança no Código Disciplinar, prometendo duras punições para jogadores, torcedores e até instituições. As penas variam de cinco jogos a US$ 100 mil (aproximadamente R$ 513 mil) Antes, a multa não passava de R$ 150 mil. Jogos também podem ser disputados com portões fechados.