POLÍTICA

min de leitura - #

Medidas liminares já suspenderam sessões de julgamento três vezes

DA REDAÇÃO

| Edição de 25 de janeiro de 2022 | Atualizado em 25 de janeiro de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

A sessão de julgamento do relatório da Comissão Processante já foi suspensa três vezes através de liminares obtidas na Justiça pela defesa da vereadora Gertrudes Bernardy, advogado Leandro Coelho. Além de apontar ilegalidade no processo, a defesa também conseguiu suspender a última convocação tendo em vista que a vereadora havia testado positivo para Covid e estava em isolamento social em sua casa para tratamento da doença.

Conforme informações da Câmara de Vereadores, durante a sessão desta terça-feira será realizada a leitura do relatório apurado na investigação pela Comissão Processante. Cada vereador terá 15 minutos para discorrer sobre o tema. 
O advogado de defesa terá duas horas para explanar suas argumentações e, ao final, os vereadores realizam a votação, que pode resultar na cassação ou não do mandato de Gertrudes Bernardy. 
A Comissão Processante é composta pelos vereadores Nando Dorta (PTB), presidente; Antônio Vila Real (MDB), relator; e Josane Diser (Republicanos), membro. O Legislativo é constituído por nove vereadores.